Últimas

Aplicativo ajuda a manter o distanciamento social emitindo alerta sonoro com aproximação de pessoas

Em tempos de pandemia, assegurar a distância física é essencial para diminuir o risco de contágio pelo novo coronavírus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Pensando nesse problema, a UniNorte - Centro Universitário do Norte, por meio da Escola de Exatas, desenvolveu um aplicativo para alertar o usuário caso haja aproximação de uma pessoa a menos de 2 metros de distância.

O app “Arredaí” nasceu a partir de um desafio lançado pela professora Ghislaine Raposo na disciplina de Introdução a Engenharia. “A proposta era projetar uma solução para o distanciamento social pensando em um cenário de volta às aulas”, explica a docente.

Os estudantes dos cursos de Engenharia da Computação, Engenharia da Produção e Sistemas de Informação da UniNorte usaram técnicas de programação e desenvolvimento de software para criar um sensor que emite alerta sonoro e vibratório com a proximidade a outra pessoa. O app funciona a partir da tecnologia Bluetooth, que detecta outros aparelhos com o dispositivo ligado ou com o “Arredaí” instalado para acionar o alarme.

“Com o alerta e o distanciamento mantido, esperamos contribuir para o controle da doença, principalmente em ambientes de ensino, ajudando no retorno seguro às aulas presenciais e no melhor convívio em áreas de uso comum”, explicou Ghislaine.

Um dos integrantes do projeto é o estudante do 3º período do curso de Sistemas da Informação, Ronaldo Gomes. Ele classifica a experiência como enriquecedora. “O desafio de desenvolver um app em pouco tempo foi ótimo, me fez descobrir que posso produzir bem e de forma eficaz. Poder ajudar na questão do distanciamento social também foi um grande motivador”, disse o aluno.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.