Últimas

PC reconstitui homicídio de jovem de 22 anos ocorrido em 2019

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 35ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do Careiro da Várzea, coordenada pelo delegado David Jordão, com o apoio do Departamento de Polícia do Interior (DPI), da Delegacia Fluvial (Deflu) e do Instituto de Criminalística (IC), realizou, ao longo da manhã desta terça-feira (18/08), a reconstituição do homicídio que vitimou Daniel da Silva Lima, conhecido como ‘Biel’, de 22 anos. O crime ocorreu no dia 16 de junho de 2019, no bairro Gregório, naquele município.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com o delegado David Jordão, ‘Biel’ foi assassinado com três tiros de arma de fogo, sendo um na cabeça e dois no pescoço. Ainda conforme a autoridade policial, a vítima tinha uma dívida de entorpecentes no valor de R$ 5 mil, com Bruno de Oliveira Assunção, 24, um dos autores do crime, que até o momento está foragido.

“Em maio deste ano, recebemos uma denúncia informando que, na comunidade do Juma, havia um homem que alegava ser indígena, mas tinha atitudes suspeitas. Também segundo a denúncia, ele não aparentava ser um cidadão de bem. Foi quando nossas equipes decidiram checar a informação e confirmaram que era um dos foragidos que estávamos procurando”, detalhou o delegado.

Em junho deste ano, a Polícia Civil capturou Emerson Batista Vieira, 23, um dos envolvidos no crime e que estava na aldeia indígena utilizando identidade falsa.

Conforme o titular da DIP, a reconstituição do crime foi necessária, pois Emerson prestou três depoimentos à polícia e todos foram conflituosos. Os peritos esclareceram alguns pontos primordiais para a resolução do caso, que segue em segredo de Justiça.

Procedimentos

O jovem foi indiciado por homicídio e após os procedimentos cabíveis, ele permanecerá custodiado na unidade policial à disposição da Justiça.

Disque-denúncia

Quem tiver informações sobre Bruno de Oliveira Assunção pode entrar em contato pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). A secretaria garante sigilo e o serviço funciona 24 horas por dia.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.