Últimas

Prefeitura e Exército percorrem áreas urbana e rural em prevenção às queimadas em Manaus


Localidades das zonas urbana e rural de Manaus receberão equipes da Prefeitura de Manaus e do 2º Grupamento de Engenharia do Exército, dentro das ações de prevenção e combate às queimadas da operação Verde Brasil 2, a partir da próxima semana.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO 


A parceria, firmada junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Secretaria de Estado de Segurança Pública e o Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar, terá como finalidade sensibilizar a população acerca dos malefícios das queimadas, visitando áreas onde há ocorrências de focos e riscos de incêndios devido a proximidade com fragmentos de floresta.

Além de conscientizar, as operações visam atender as denúncias de focos recebidas pelo órgão ambiental do município. O trabalho terá início na próxima quarta-feira, 26/8, a partir das 8h30, no bairro São José 1, zona Leste. Nesta sexta-feira, 21/8, um grupo composto por 30 militares, que participarão das ações, recebeu capacitação acerca dos procedimentos em educação ambiental e fiscalização, referentes a queimadas, a serem colocados em prática durante as atividades de campo.

A Semmas realizou um levantamento dos bairros da cidade com maior incidência de focos de queimada, nos últimos três meses, para dar início à força-tarefa no âmbito municipal. O trabalho será desenvolvido entre os meses de agosto e novembro, considerados de pico do problema. Este ano, até o mês de junho, as zonas com maior índice de focos de queimadas foram a Norte (32), Leste (16), Oeste (13), Centro-Sul (12), Centro-Oeste (8) e Sul (6). O trabalho da força-tarefa deverá começar pela zona Leste (nos bairros São José Operário, Jorge Teixeira e Coroado) e se estender a outras zonas da cidade, sempre visando pontos críticos. As ações têm como objetivo sensibilizar e informar a população sobre os malefícios das queimadas (restos de vegetação e resíduos sólidos, como colchões, madeira, isopor, entre outros) e a correlação da fumaça com o agravamento do quadro de saúde de pessoas acometidas pelo novo coronavírus ou portadoras de doenças respiratórias.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior, a presença da operação Verde Brasil 2 no combate às queimadas no âmbito da capital é um marco para o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Manaus. “A presença da corporação nessas atividades é um reforço para a gestão ambiental do município e contribuirá sobremaneira para o êxito da estratégia de conscientização, demonstrando a presença efetiva do 2º Grupamento de Engenharia em todos os âmbitos de combate e prevenção às queimadas na Amazônia Brasileira”, afirmou o secretário Antonio Nelson, lembrando que a Semmas tem a atribuição de atuar no perímetro da capital amazonense, que sofre bastante os efeitos das queimadas.

O chefe do Estado Maior do 2º Grupamento de Engenharia do Exército, coronel Cláudio José dos Santos Menezes, destacou a importância da parceria. “A Verde Brasil entra agora em um período que vai exigir mais ações preventivas, com campanhas de sensibilização e também repressivas. A partir desta semana, a intenção é intensificar as ações e a primeira será com a Semmas, que já faz esse trabalho e nós iremos apoiar com nossos militares, juntamente com o Batalhão de Policiamento Ambiental. Estaremos nas ruas, fazendo com que a campanha chegue à população e tenhamos resultados positivos, contra os delitos ambientais e principalmente contra as queimadas”, ressaltou o coronel.

O diretor de Fiscalização da Semmas, Eneas Gonçalves, lembrou que os trabalhos de conscientização e fiscalização se complementam na busca pela redução dos índices de queima na área urbana. “Com a pandemia e a necessidade de isolamento social, essas ações tornam-se ainda mais importantes e a denúncia é uma ferramenta importante para a comunidade”, afirmou, destacando que, além do disque 0800-092-2000, a secretaria disponibilizou este ano o telefone 99963-0858 (whatsapp) e o e-mail denuncias.semmas@pmm.am.gov.br para denúncias.

Um dos responsáveis pela capacitação dada aos militares, o chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, mencionou que o efetivo irá fazer um trabalho de corpo a corpo de conscientização, distribuindo informativos educativos nas residências, pontos comerciais e junto aos transeuntes. “Importantíssima essa aproximação com o Exército Brasileiro para que possamos fortalecer nossas ações de sensibilização junto à comunidade. A corporação já conta com grande credibilidade na preservação das florestas e no combate aos focos de incêndios florestais na Amazônia e agora se integram ao trabalho de Educação Ambiental em logradouros públicos nas zonas urbana e rural de Manaus”, disse Araújo.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.