Últimas

Wilson Lima pode ser julgado ainda essa semana pelo STJ, e pode ser preso ou afastado do cargo

Nesta terça-feira (18), a coluna Radar da revista Veja apontou que os grupos do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) andam agitados, pois ministros estão discutindo o mais apropriado procedimento a ser adotado para julgar demandas graves contra governadores, com pedidos de afastamento ou de prisão. Entre os alvos do STJ, consta o governador do Amazonas, Wilson Lima.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A coluna ainda coloca que naturalmente a Corte Especial seja convocada a definir, assim não havendo julgamento feito individualmente de assuntos considerados ‘espinhosos’, tais como os alvos da Procuradoria Geral da República (PGR) que investiga sobre corrupção em contratos da pandemia nos estados. Wilson Lima e também Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro, seriam os primeiros a passar pelo exame do STJ.

De acordo com matéria do site O Amazonês, no mês de junho o governador do Amazonas quase foi preso na Operação Sangria. A Polícia Federal (PF) chegou a pedir sua prisão, porém o ministro Francisco Falcão do Superior Tribunal de Justiça negou e ao mesmo tempo disse “Não neste momento”.

Ainda segundo a matéria do O Amazonês, Wilson Lima seria considerado “chefe de organização criminosa” pela PGR. Conforme a matéria, a Procuradoria Geral da República teria considerado que o governador do Amazonas comandou pelos bastidores o superfaturamento da compra de 28 ventiladores feito pelo governo em uma loja de vinhos.

Até o fechamento desta matéria, a Secretaria de Comunicação Social do governo do Amazonas não se pronunciou sobre o assunto.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.