Últimas

Abrasel no Amazonas defende a alimentação fora do lar mediante o discurso do prefeito de Manaus

Todos os estabelecimentos associados a Abrasel no Amazonas, para abrir suas portas estão seguindo rigorosamente as normas impostas pelos órgãos responsáveis e isso acarretou um gasto para os empresários se padronizarem a essa realidade, mesmo depois de quase seis meses sem abrir, fora a tentativa de manter o máximo de empregos possíveis na intenção de contribuir com o sustento de várias famílias amazonenses, na última sexta, 18 de setembro, o Prefeito de Manaus cobrou dos órgãos responsáveis uma fiscalização mais rígida, que cobrassem multas severas ao setor.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com a Abrasel no Amazonas, em Manaus existiam mais de 13mil, CNPJ’s, ativos que empregavam cerca de 80 mil pessoas, mas infelizmente com a pandemia muitos estabelecimentos fora do lar, tiveram que fechar suas portas e cerca de 25mil empregos foram sacrificados. Mediante estas normas a Abrasel criou o selo “Estabelecimento Responsável” sendo mais uma opção de estratégia responsável para os associados e seus estabelecimentos como prevenção ao Coronavírus. O selo tem como objetivo orientar os funcionários e a sociedade quanto aos cuidados e precauções de higiene e condutas de relacionamento nesses ambientes de alimentação.

A Abrasel no Amazonas, na presença do seu presidente, Fábio Cunha, resolveu se pronunciar, “Entendemos que a vida está a cima de todas as coisas e quando saímos para trabalhar e servir as pessoas, estamos também preservando a vida e a dignidade. Queremos resguardar o direito de trabalhar, de empregar pessoas, de oferecer segurança, de gerar impostos, gerar divisas, sustentar a economia e trazer benefícios a nossa sociedade, peço a compreensão e ajuda de todos para que nós continuemos seguindo em frente e superar tudo isso juntos”, declarou Fábio.

O presidente ainda salienta que “A alimentação fora do lar é um dos setores que mais faz a economia girar, sendo de suma importância para a sociedade. Já foi divulgado pela OMS que o vírus da Covid não é transmitido pelos alimentos, nossos restaurantes são comprometidos e seguem uma cartilha de boas práticas de manipulação de alimentos e essa está sendo reforçada durante a pandemia, aumentando ainda mais os custos da operação. O desafio agora na retomada é grande, temos um protocolo que incoerentemente reduz o horário dos estabelecimentos, estamos enfrentando também a alta dos insumos e protegendo a economia, não repassando os valores ao cliente e assim segurando a inflação. Quando se pede duras multas aos fiscais, acaba acontecendo um incentivo a informalidade e penalizando os estabelecimentos comprometidos com a população”, afirma o presidente.

Sobre a Abrasel no Amazonas
É uma entidade nacional, sem fins lucrativos, que há 25 anos assumiu a missão de ajudar a construir um ambiente empresarial mais favorável aos negócios no setor de Alimentação fora do lar. Tem como desafio agregar os empresários do setor e auxiliá-los na busca da profissionalização e sucesso em suas empresas.

Fundada em 29 de novembro de 1999 na cidade de Manaus, assim foi formado o grupo organizador e fundador, composto por empresários e proprietários de restaurantes, lanchonetes e bares de Manaus. Constituída a primeira Diretoria Regional, partiu-se para a busca da representatividade estadual a partir da realização da Feira de Gastronomia e Negócios do Amazonas no ano de 2000 em Manaus, no mês de Maio, onde compareceram cerca de 42 empresas do setor e 18 mil visitantes.

Já na época, a ABRASEL começava a integrar efetivamente o "trade" turístico. Em 2001, realizou-se a II Feira de Gastronomia e Negócios do Amazonas, bastante técnica e com trocas efetivamente objetivas de conhecimentos, sem perder as características de confraternização e amizade, objetivo fortalecedor da integração do grupo que promoveu a entidade.

Ainda em 2001 realizou a Semana da Criança, um momento mágico para mais de 700 crianças que tiveram a oportunidade de participar de oficinas, brincadeiras, ganharem prêmios e ainda fazer boas refeições servidas pelos próprios associados da ABRASEL. Com isso a entidade começou a ganhar novos horizontes e em 2002 estruturou-se na Casa do Turismo, compondo definitivamente com outras entidades o trade turístico do Amazonas. Em 2003, com ampliou seus associados e em 2005 deu início a uma administração focada em resultados e com a gestão de uma ação executiva profissionalizada.

Em 2006, uma nova vitória, a ABRASEL Amazonas conquistou no voto o direito de realizar em Manaus o XIX Congresso Nacional da ABRASEL, realizado com grande sucesso em 2007, sendo considerado por todos os participantes e pela ABRASEL Nacional, como o congresso modelo para os próximos eventos. Hoje, vários eventos de renome fazem parte da história da ABRASEL Amazonas, dentre os quais, Festival Brasil Sabor, Festival Bar em Bar, Guia de Gastronomia da ABRASEL, Livro Segredos dos Chef´s em sua nona edição, construção de uma Escola de Gastronomia para o setor, Programa Qualidade na Mesa, que qualificou dezenas de empresas, projeto Caminhos do Sabor, dentre outros.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.