Últimas

David Almeida diz que dará atenção especial aos bairros mais pobres

O candidato a prefeito pela coligação Avante Manaus, David Almeida (Avante), afirmou na manhã desta quarta-feira (30) que a capital do Amazonas precisa de um prefeito que dê atenção especial aos bairros mais pobres, com infraestrutura, saúde, educação e serviço social. Numa eventual vitória neste ano, David afirmou, durante entrevista a um portal local, que a sua gestão com Marcos Rotta (Democratas) vai garantir essa atenção.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

No terceiro dia da campanha eleitoral, David contou que já visitou mais de cinco comunidades de áreas carentes em Manaus, onde viu a clara ausência do poder público, com famílias sem ruas asfaltadas, sem saneamento básico, bem como sem equipamentos públicos de saúde, educação, e sem transporte público.

“Eu vou apresentar a realidade das comunidades em que vivem as pessoas na periferia, as quais precisam de atenção do poder público. É para essas pessoas que o prefeito precisa olhar. É impossível um prefeito que conheça a cidade não se compadecer com o sofrimento da sua população”, disse David. “Uma pessoa que está lá na sua casa, dentro de uma rede, no conforto da sua mansão não vai se preocupar em resolver esse tipo de problema”, completou.

Ao falar sobre o Índice de Desenvolvimento Humano de Manaus, David Almeida disse que a cidade convive, hoje, com realidades distintas. Enquanto nas áreas nobres como Vieiralves, Adrianópolis e Ponta Negra o IDH se assemelha a países da Europa, como a Noruega, nos pontos mais afastados; em muitas comunidades, essa medida de comparação é igual a de muitos países da África.

“Mais de 50 mil casas nessa cidade [de Manaus] não têm nem banheiro. As pessoas que usam o transporte coletivo estão sofrendo. E as pessoas que estão nos bairros precisam de alguém que possa cuidar delas. Tem comunidades na nossa cidade cujo IDH se equivale ao de países da África. Tem lugares aqui em que não há água, luz, saneamento básico, asfalto, não tem esgoto, não tem nada”, apontou David.

Para o candidato, Manaus não é um drone para ficar sendo controlada a distância, de dentro de casa ou de dentro de um escritório. David afirmou, ainda, que o novo prefeito de Manaus precisa olhar com atenção para os bairros mais pobres da cidade e combater, de forma comprometida, o sofrimento das pessoas, modernizando a rede básica de saúde e facilitando o acesso dos cidadãos aos serviços oferecidos.

Segundo ele, essa melhoria na qualidade de vida das pessoas dos bairros mais distantes passa, necessariamente, pela implantação e recuperação de sistemas de saneamento básico – porque sempre sai mais barato investir na prevenção do que no trato das doenças -, asfaltamento de ruas que se encontram abandonadas pelo poder público e oferta de um serviço confiável de abastecimento de água e de transporte coletivo.

“Os desafios são inúmeros, mas acreditamos que com o aprimoramento da máquina pública será possível otimizar os recursos disponíveis e fazer mais e melhor por nossa cidade. A partir de janeiro, com o apoio da população, Manaus passará a caminhar no caminho certo e seguro”, destacou.

Fonte: Amazonia Press

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.