Últimas

Microsoft apresenta detector de 'deepfakes' antes das eleições americanas

A gigante de tecnologia Microsoft apresentou um software que pode ajudar a detectar vídeos "deepfake", em mais um esforço para ajudar no combate à publicação de imagens e vídeos falsos na internet antes das eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O programa "Video Authenticator" analisa uma imagem ou cada fotograma de um vídeo, buscando evidências de manipulação que passaria despercebida a olho nu.

A Microsoft informou que se associou à Fundação AI em São Francisco para fazer com que a ferramenta de autenticação de vídeo esteja disponível para campanhas políticas, meios de comunicação e outras partes envolvidas no processo democrático.

Os deepfakes são fotos, vídeos ou clipes de áudio adulterados usando inteligência artificial para que pareçam autênticos e já são alvos de caça nas redes sociais Facebook e Twitter.

"Os deepfakes podem fazer parecer que pessoas disseram coisas que não disseram, ou que estiveram em lugares em que não estiveram", explicou na terça-feira uma publicação do blog da empresa.

Estas publicações falsas camufladas são particularmente preocupantes devido à proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, em 3 de novembro.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.