Últimas

No Dia do Funcionário Municipal, servidores destacam oportunidades de crescimento profissional, na gestão Amazonino

O funcionário público Alan Kardec teve a oportunidade de “turbinar” a carreira como servidor, em 2011, quando ingressou no curso de Administração Municipal, da Universidade Corporativa Municipal (UCM).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Ele concluiu a formação e depois pós-graduou-se no mesmo local, em Gestão Pública.

A UCM foi criada pelo então prefeito Amazonino Mendes, na estrutura da Fundação Escola de Serviço Público Municipal (FESPM), funcionando em parceria com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam). A Universidade é lembrada como um projeto vitorioso, quando se comemora o Dia do Funcionário Municipal, neste domingo (20 de setembro).

“Só tenho a agradecer a oportunidade que foi me dada através da gestão do Amazonino Mendes, de poder realizar essa capacitação, que veio a beneficiar não só do ponto de vista profissional, mas sobretudo também trazer qualidade na prestação dos serviços à população. A qualificação permite levar para a sociedade, a população, os serviços de excelência, através dos profissionais bem preparados. Estamos tocando a nossa carreira profissional, graças a esse apoio que foi dado naquela época”, disse Alan.

O programa de valorização e reconhecimento do servidor público municipal garantiu capacitação a mais de 30 mil servidores da Prefeitura. Boa parte teve a oportunidade de concluir a graduação e pós-graduação, aprimorando o conhecimento dentro da própria Prefeitura de Manaus.

A professora aposentada Yone Lima conta que a valorização profissional empreendida nas gestões de Amazonino Mendes sempre motivou os servidores públicos. “Ele sempre cumpriu com o que comprometeu-se a fazer. Não fazia jogo para agradar. Não é à toa que fez vários concursos, dando chance para os profissionais”, ressaltou a professora.

Advogado por formação e empresário da construção civil antes mesmo de entrar na política, o ex-governador Amazonino Mendes (PODEMOS) destaca que o respeito ao servidor público é primordial para o desenvolvimento da administração, somado à valorização do funcionalismo. Amazonino criou uma marca de trabalho e valorização durante as gestões comandadas por ele, no município e no estado. “Ninguém fica motivado recebendo salário atrasado, relegado aos corredores de uma secretaria, tampouco sem perspectiva de capacitação”, disse Amazonino.

“Eu sempre falo, falei em outras gestões, que é obrigação do bom administrador garantir alternativas para que o funcionário público tenha a atenção que merece. Como? Com salários em dia e boas condições de trabalho. Tudo isso se refletirá no desempenho do próprio servidor, que aumentará a eficácia na prestação do serviço junto à sociedade”, comenta o ex-prefeito.

Capacitação

A doutora em Sistema de Inovação e Marketing e ex-diretora-presidente da FESPM, Angela Bulbol de Lima, relembra que a última gestão de Amazonino Mendes à frente da Prefeitura de Manaus foi marcada pela valorização do servidor público, que teve a oportunidade de se capacitar e aprimorar os conhecimentos na administração pública. A meta era qualificar, oferecendo cursos desde a base até o Mestrado. 

“Amazonino nos delegou a missão de criar o sentimento nos servidores públicos de pertencimento à instituição, de capacitação, por meio da fundação e depois da UCM em parceria com a Ufam. O objetivo que a gente pretendia alcançar era que todos esses ganhos de qualificação incidissem em ganhos financeiros aos funcionários públicos, deixando-os pessoas mais motivadas e comprometidas com a gestão pública”, relata.

Ângela Bulbol considera que Amazonino revolucionou nesse segmento de capacitação para os funcionários públicos. “Jamais foi visto na gestão pública o que foi feito na última gestão do Amazonino na Prefeitura. Nosso modelo da fundação beneficiou não somente os servidores de Manaus, mas também de todo o Amazonas: entender que a Prefeitura tem de ser uma ação de comportamento, motivação, engajamento, para que a sociedade seja beneficiada pela capacidade técnica e profissional dos servidores”, afirmou.

Realizações

Em sua última passagem pela Prefeitura, Amazonino realizou 14 concursos públicos com mais de 6,8 mil vagas oferecidas; implantou o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS); contratou 300 novos agentes de trânsito com 100% de aumento salarial; concedeu reajuste salarial; promoveu agilidade nos processos de aposentadoria; e ampliou o plano de saúde.

Já no Governo do Estado, concedeu reajuste salarial de 24,20% aos servidores da saúde, que estavam sem o benefício desde 2015; na educação, garantiu para a categoria o maior reajuste dos últimos quatro governos, de 27,02%, em 2018; realizou também a maior promoção da história da Polícia Militar, contemplando 7.937 policiais, e a maior da história dos Bombeiros, com 572 promovidos. A data-base dos policiais militares, que não era cumprida desde 2015, foi retomada, com reajuste de 24,20%. Houve ainda a promoção de 100 policiais civis para 3ª classe, o pagamento da última parcela do escalonamento da Polícia Civil e o reajuste a peritos, legistas e odontolegistas, além da extinção da quinta classe de delegados da Polícia Civil, beneficiando 188 delegados de carreira.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.