Últimas

Principal suspeito no 'caso Maddie' é investigado por estupro

A Justiça alemã abriu uma nova investigação contra o principal suspeito do desaparecimento, em 2007, em Portugal, da menina britânica Maddie McCann, a qual está relacionada com o estupro de uma jovem irlandesa em 2004 - anunciou o procurador de Brunswick nesta terça-feira (22).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

"Posso confirmar que também estamos investigando a suspeita de estupro de uma jovem irlandesa em 2004, no Algarve (região onde desapareceu Madeleine McCann)", disse à AFP o procurador Hans Christian Wolters.

A vítima apresentou queixa imediatamente após os acontecimentos, há 16 anos. Ao tomar conhecimento, nos jornais, das fotos do principal suspeito, o alemão Christian B., ela disse "acreditar ter reconhecido seu agressor", acrescentou o procurador.

A investigação começou no final de junho, de acordo com Wolters. Para além do caso Maddie, Christian B. também é alvo de investigação por agressão sexual de uma menina de 10 anos, à época dos acontecimentos no Algarve, em abril de 2007, ou seja, algumas semanas antes do desaparecimento de Maddie.

"Ele é acusado por ter-se masturbado na frente da garota", enfatizou Hans Christian Wolters, especificando que a investigação foi aberta no ano passado.

O caso Maddie foi repentinamente acelerado no início de junho com a identificação de Christian B., um pedófilo de 43 anos que já havia sido condenado por estupro em Portugal. Encontra-se sob custódia em Kiel, no norte da Alemanha, por outro caso.

Ele é suspeito do assassinato de Maddie, então com três anos. A pequena estava de férias com os pais, quando desapareceu do quarto do hotel onde dormia.

Segundo o advogado de Christian B., citado pela imprensa local, seu cliente nega qualquer envolvimento no desaparecimento de Maddie.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.