Últimas

Wilker defende a prorrogação da CPI da Saúde por mais 60 dias na Aleam

O deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) nesta quinta-feira, 17, para defender a prorrogação dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde por mais 60 dias.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Titular da comissão que investiga irregularidades em contratos na saúde pública, o parlamentar reforçou que os resultados da CPI deram uma grande contribuição para a sociedade amazonense e afirmou que a não extensão do prazo será um duro golpe contra a vontade do povo.

“Temos vários exemplos que a CPI deu inúmeras contribuições para o Amazonas, por isso estamos pedindo para continuar trabalhando por mais 60 dias, porque acreditem, tem muita coisa pela frente. Já temos materializadas denúncias e mais denúncias, tenho certeza que esta CPI ainda vai colocar muita gente na cadeia”, disse Wilker em Sessão Ordinária desta quinta.

Barreto aproveitou também para criticar a base governista na Aleam, que tenta impedir a prorrogação da CPI da Saúde. “Escutei um colega deputado dizer que oposição é minoria. Não é a oposição que é minoria, parece que é o povo que é minoria aqui dentro. Se esta Casa não aprovar a prorrogação, ficará com uma imagem arranhada e será enxovalhada pela opinião pública”, finalizou Barreto.

Com prazo regimental de 120 dias, a CPI da Saúde foi instaurada no dia 14 de maio pela Assembleia Legislativa do Amazonas e, caso não seja prorrogada, se encerra no próximo dia 29 de setembro.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.