Últimas

Defensoria inicia curso de formação para defensores recém-empossados

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) iniciou, nesta segunda-feira (19), o curso de formação para defensoras e defensores públicos recém-empossados.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A capacitação é coordenada pela Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Esudpam) e será realizada de forma presencial na sede administrativa da DPE-AM, na Zona Centro-Sul da capital, adotando todos os protocolos de prevenção à Covid-19. 

Os oito novos membros foram empossados na última sexta-feira (16), na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), com transmissão ao vivo da solenidade, por meio do canal da Defensoria, no YouTube. Ao longo de uma semana eles participarão do curso que tem o intuito de apresentar orientações técnicas, normas e regimentos, além do funcionamento e a organização estrutural da instituição. 

Os novos defensores e defensoras foram nomeados pelo defensor público geral do Estado, Ricardo Paiva, que abriu o curso nesta segunda-feira, junto com o subdefensor geral, Thiago Rosas, e o diretor da Esudpam, Rafael Barbosa. “Dar as boas-vindas aos novos membros significa que a Defensoria vai avançar na instalação de polos em novos municípios e ampliar o atendimento para a população do interior. O ingresso de novas defensoras e defensores faz parte de um grande projeto iniciado há alguns anos que estamos colhendo os frutos hoje”, disse o defensor geral Ricardo Paiva. 

Thatiana David Borges; Livia Azevedo de Carvalho; Renata Visco Costa de Almeida; Francine Lucia Buffon Baldissarella; José Antonio Pereira da Silva; Mirella Leal Cabral Maciel; Thiago Torres Cordeiro e Bernardo Mello Portella Campos serão designados inicialmente para polos do interior. Do total de nomeações, quatro correspondem a vagas abertas por falecimentos e aposentadorias. 

“Quando decidimos fazer o concurso, pedimos que a instituição que o realizou elaborasse a prova mais difícil e assim foi feito. Por isso, temos certeza que fizemos a melhor escolha porque sabemos que temos as melhores e mais preparadas defensoras e defensores públicos do País. Pessoas que chegam com garra e determinação, alguns inclusive, com experiência de outras instituições para fortalecer a Defensoria do Amazonas e transformar a vida dos assistidos”, destacou Rafael Barbosa. 

Para o subdefensor geral, Thiago Rosas, além das orientações técnicas, o curso de formação serve para colocar os novos membros em contato com as pessoas que já atuam na Defensoria e reforçar o compartilhamento de informações no ingresso. “O curso apresenta como trabalhamos, como funciona às coordenadorias e núcleos, sendo uma forma de aperfeiçoamento e preparação para ingresso na carreira, além de destacar o papel desempenhado pelo defensor público na atuação da Defensoria e na defesa dos direitos humanos da população carente”, afirmou. 

Após a abertura, os novos membros, aprovados no concurso público realizado em 2018, tiveram uma aula sobre Estrutura Organizacional da Defensoria com o defensor público Nairo Cordeiro. 

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.