Últimas

Mãe de Jada Pinkett Smith afirma que foi abusada sexualmente pelo marido

A mãe de Jada Pinkett Smith declarou que fez sexo não consensual com seu falecido marido.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Jada abriu o jogo sobre os problemas de seu pai em um episódio de sua série "Red Table Talk", transmitida pelo Facebook Watch.

Durante a conversa, Adrienne Banfield-Norris disse à filha e à neta, Willow Smith, de 19 anos, que durante seu breve casamento com o pai de Jada, Robsol Pinkett, ela sofreu abuso sexual.

O tema veio à tona quando Jada perguntou: "Então, você sente que em nenhum lugar em sua história, em relação à intimidade sexual, você acredita que teve um experiência que não foi necessariamente consensual?".

Adrienne, de 67 anos, respondeu: "Eu tive, eu tive, mas isso foi também com o meu marido. Seu pai, na verdade. Então é um assunto bastante delicado".

Pedindo por esclarecimentos, Jada perguntou: "Você está basicamente dizendo que fez sexo não consensual com o meu pai", ao que a mãe balançou a cabeça afirmativamente.

Adrienne ainda estava no ensino médio quando deu à luz Jada, hoje com 49 anos, em 1971. Seu casamento com Robsol durou apenas dois meses e Jada abordou anteriormente a violência doméstica sofrida pela mãe.

"Eu sabia que minha mãe e meu pai tiveram um relacionamento muito violento desde o início. Ela tem algumas cicatrizes pelo corpo que, quando criança, eu achava apenas curioso. Eu ficava tipo: 'Mamãe, o que é isso? O que é isso?'... Esta foi a primeira vez que Willow ouviu essas histórias sobre seu avô, o qual ela conhecia", disse Jada.

Uma das cicatrizes que Adrienne possui em suas costas é da época em que ela foi "jogada por cima do corrimão" da escada. Adrienne explicou que seu marido costumava ficar agressivo depois de beber.

"Não quero fazer disso uma desculpa… mas ele normalmente ficava em um estado alterado quando era abusivo daquele jeito. Tipicamente ele estava bêbado. Acho que as mulheres ficam porque elas pensam que estão apaixonadas. Era isso para mim. Eu pensei que era amor", declarou Adrianne.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.