Últimas

Webinar discute como alavancar investimentos do setor privado em negócios de impacto na Amazônia

Na próxima terça-feira (20), o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam) dará sequência à série de debates virtuais “A Nova Economia da Amazônia”, com a realização do webinar “Financiamento Híbrido: Como Alavancar Investimentos do Setor Privado em Negócios de Impacto”, que ocorrerá das 15h às 16h30 (Manaus).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do link: bit.ly/debate-bioeconomia. 

O seminário colocará a bioeconomia amazônica no centro do debate, destacando a importância do financiamento híbrido para escalonar negócios de impacto e conservação na região, conforme explica o diretor de Novos Negócios do Idesam, Mariano Cenamo. 

"Um dos maiores desafios enfrentados pelos empreendedores de impacto e da bioeconomia na região amazônica é o acesso a capital e durante os estágios iniciais de desenvolvimento do negócio, quando o protótipo e sua tese de impacto ainda estão sendo construídos. É nessa etapa que mecanismos de financiamento híbrido e, especialmente o capital filantrópico, fazem toda a diferença para ‘empurrar’ os negócios no caminho de buscar soluções para problemas sociais e ambientais da região", diz.

O evento também trará discussões sobre como investir em diferentes etapas da "curva de desenvolvimento" dos negócios, quais são as barreiras para maior escala de investimento e como elas podem ser transpostas, a mensuração de impacto como parte da análise de performance dos negócios na Amazônia, entre outros aspectos que envolvem a temática. 

Participam do encontro a diretora executiva do Instituto Humanize, Georgia Pessoa, a diretora de Operações do Fundo Vale, Patrícia Daros, e o sócio co-fundador e diretor executivo da MOV Investimentos Ltda, Paulo Bellotti. A moderação será realizada pelo coordenador do Portfólio de Economia de Baixo Carbono do Instituto Clima e Sociedade (iCS), Gustavo Pinheiro. 

Série “A Nova Economia da Amazônia”

Até dezembro, uma série de cinco seminários online reunirá especialistas do setor público e privado para discutir desafios e oportunidades para impulsionar o desenvolvimento de uma agenda de bioeconomia e investimentos de impacto para Amazônia, ampliando também o engajamento das empresas da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Em parceria com a Revista Página22 e outras organizações, o pontapé inicial da série foi dado em agosto, com o webinar “Zona Franca de Manaus: Oportunidades para Inovação e Investimentos em Bioeconomia”, que promoveu importantes discussões sobre as perspectivas para o setor de inovação e o fomento da bioeconomia como estratégia para redução do desmatamento na Amazônia. 

O segundo evento, intitulado “Biotecnologia e Inovação: Como Promover Investimentos em P&D e Negócios Disruptivos”, ocorreu em setembro e abordou formas de conectar as inovações aos marcos regulatórios existentes e o potencial de desenvolvimento de biotecnologias disruptivas para a região. 

Para conferir os seminários já realizados na íntegra, basta acessar a página do Idesam no Facebook: www.facebook.com/idesam. 

Sobre o Idesam

Desde março de 2019, o Idesam é a instituição habilitada na coordenação do Programa Prioritário de Bioeconomia (PPBio), um dos quatro programas prioritários criados para o aporte de parte dos investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) oriundos da Lei de Informática, na área de atuação da Suframa.

O instituto é uma organização não-governamental sem fins lucrativos, com sede em Manaus, que há 14 anos trabalha para promover a redução do desmatamento, a conservação florestal, a erradicação da pobreza e o desenvolvimento sustentável na Amazônia.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.