Últimas

Ivete Sangalo diz que pensou em abandonar a carreira após se tornar mãe

A declaração do presidente Jair Bolsonaro de que “quando acabar a saliva, tem que ter pólvora” repercutiu na esfera política brasileira. Bolsonaro se referiu a possíveis barreiras comerciais impostas por outros países condicionadas à preservação da Amazônia.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Ivete Sangalo contou em entrevista a Marcos Mion que quase desistiu de seguir a carreira como cantora após o nascimento do primeiro filho Marcelo, de 11 anos de idade. Ela explicou que teve a vontade de abandonar tudo logo após o primeiro contato com o filho, ainda bebê:

- Na maternidade eu queria parar tudo já. Eu passei a noite agarrada nele. Eu me lembro de chamar o Daniel e falar: Papai, eu quero acabar com tudo hoje. E ele falou: Mama. Calma. Você está encharcada de hormônio e eu queria que você pensasse direito e respirasse fundo. Eu fiquei bem doida, disse ele.

Ivete ainda relembrou que precisou de muito equilíbrio para conseguir conciliar tudo em sua vida:

- Quando eu tive os meus filhos, precisei conciliar essa balança de cantora, de mulher famosa e ser uma mãe com substância. Isso requer um equilíbrio, um distanciamento crítico. 

Ela ainda conta que a mudou de ideia quando recebeu o carinho de seu público:

- No primeiro sinal de carinho do meu público, saindo da maternidade, com a minha felicidade, eu falei: Não, não é nada disso.' Essa experiência veio com uma explosão no peito e me faltava ar para falar deles. Foi bom que Daniel é muito equilibrado e me fortaleceu imediatamente.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.