Últimas

Com registro de BO, população ajuda no combate ao crime

Registrar o Boletim de Ocorrência (BO) é uma forma de colaborar com as investigações policiais, além de auxiliar no rastreamento de criminosos, evitando assim que novos casos aconteçam.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Ao formalizar a existência de um crime, o cidadão informa às autoridades policiais que modalidades criminais estão em expansão e que regiões da cidade precisam de maior atenção.

A notificação de uma ocorrência nas delegacias de Polícia Civil serve para que a vítima possa buscar a resolução de um caso, e também para que o trabalho preventivo e de inteligência da polícia seja traçado. De acordo com o delegado Normando Rocha, o boletim é a peça fundamental para iniciar as investigações e, consequentemente, proteger o cidadão.

“A vítima de roubo a coletivos deve, de imediato, procurar a delegacia mais próxima de sua residência e comunicar o crime detalhadamente. Não há necessidade de ser o distrito do local onde ocorreu o delito, mas é essencial que seja logo após o crime, para tentarmos prender os autores”, disse Rocha.

Fotos de infratores que costumam praticar roubos em parte da zona norte ficam disponibilizadas no 26º DIP para as vítimas fazerem o reconhecimento. “São apresentadas diversas fotos de reincidentes. É importante também, que a pessoa anote o Imei dos dispositivos eletrônicos subtraídos”, explicou o delegado.

A ferramenta de utilização policial também pode auxiliar de várias maneiras, não só na investigação, mas na captura dos bens roubados ou furtados dos envolvidos.

“Com a recuperação de objetos subtraídos, busca-se localizar as vítimas para a entrega do bem. O boletim é uma forma de encontrar essa vítima e de manter uma comunicação em torno da ocorrência. Por isso, a importância de comunicar o fato delituoso”, enfatizou.

Outra utilidade é indicar onde as equipes policiais devem atuar. As informações fornecidas pelo cidadão podem ajudar a Polícia Civil a identificar padrões que ajudam a capturar os responsáveis. Para a Polícia Militar, as informações subsidiam o reforço de segurança nas áreas de risco e dentro dos próprios bairros.

“Um dos objetivos principais do registro de ocorrência é o controle dos órgãos do Sistema de Segurança Pública. Assim, temos conhecimento dos locais de maior incidência dessa modalidade criminosa, propondo assim, medidas preventivas para desarticular essas ações criminosas”, encerrou o delegado.

Atendimento

O registro de BO pode ser feito em qualquer um dos 30 Distritos Integrados de Polícia (DIP) da capital, explica o diretor do Departamento de Polícia Metropolitano, delegado Alessandro Albino. Ainda que o fato não tenha ocorrido na região da unidade policial, o cidadão pode registrar a ocorrência, que depois é transferida através do sistema para a área responsável por investigar o caso.

Qualquer denúncia referente ao atendimento em unidades policiais de Manaus pode ser feita à Corregedoria-Geral do Sistema de Segurança Pública, que fica na sede da SSP-AM, localizada no Shopping Via Norte, Monte das Oliveiras, zona norte da capital.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.