Últimas

UE compra mais 80 milhões de doses de vacina da Moderna

O poder Executivo da União Europeia já assegurou 160 milhões de unidades do imunizante

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A Comissão Europeia exerceu nesta sexta-feira (18) sua opção de compra de mais 80 milhões de doses da vacina anti-Covid desenvolvida pelo laboratório americano Moderna. 

Com isso, o total de unidades do imunizante já asseguradas pelo poder Executivo da União Europeia chegou a 160 milhões. 

“Agradecemos pela confiança depositada na Moderna e na mRNA-1273, nossa candidata a vacina contra a Covid-19”, disse o CEO da Moderna, Stéphane Bancel. 

O imunizante deve ser aprovado para uso emergencial nos Estados Unidos ainda nesta sexta-feira e está sob análise da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), que prometeu uma decisão para 6 de janeiro. 

A vacina usa a inovadora tecnologia de RNA mensageiro (mRNA), sequência genética sintética que codifica a proteína spike, espécie de “casca de espinhos” utilizada pelo coronavírus Sars-CoV-2 para atacar as células humanas. 

Ao entrar no organismo, esse mRNA instrui as células a produzirem a proteína, que será reconhecida como agente invasor pelo sistema imunológico e combatida com anticorpos que, mais tarde, servirão para enfrentar uma eventual infecção pelo novo coronavírus. 

O imunizante precisa ser mantido em 20°C negativos em longo prazo, mas permanece estável por até 30 dias em temperaturas entre 2 e 8ºC, segundo a Moderna. 

Até o momento, a União Europeia já garantiu a compra de 1,385 bilhão de doses de seis vacinas anti-Covid, podendo chegar até 1,965 bilhão. A imunização nos países do bloco começará em 27 de dezembro, com o medicamento da Biontech/Pfizer, já em uso nos EUA, no Reino Unido e no Canadá.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.