Últimas

Campanha "Mão Solidária" começa doar alimentos para famílias vulneráveis

Com o objetivo de aumentar a imunidade para fortalecer o organismo de quem não tem condições financeiras para comprar comida, começou neste sábado (16/01), a entrega de mais de 100 cestas básicas da campanha "Mão Solidária".

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As doações estão sendo entregues para entidades filantrópicas que atendem famílias carentes de Manaus e região metropolitana, priorizando-se famílias com crianças, idosos e pessoas com deficiência cadastradas por meio de instituições sociais.

Segundo a defensora pública, Carol Braz: "Quem conquistou sua carreira, empresa, enfim, sua estabilidade financeira, simplesmente não pode ficar parado vendo tanta gente precisando de ajuda e não ter como obter recursos. Nós nos unimos por meio desta campanha para ajudar crianças, idosos, pessoas com deficiência e famílias carentes. A união e solidariedade são características do povo amazonense e cada um precisa fazer a sua parte. Quem não morrer de COVID-19 vai morrer de fome. Precisamos garantir uma alimentação básica para fortalecer o sistema imunológico dos mais vulneráveis nessa guerra.”

Frank Abílio coordena o Instituto Abílio Pontes e abriu as portas para iniciar a campanha. “Percebemos a importância de ajudar as pessoas que estão com as geladeiras, dispensas e panelas vazias em suas casas durante a pandemia. Por isso estamos mobilizando o máximo de ajuda para alimentar quem mais precisa.” 

A campanha Mão Solidária se iniciou com a parceria das seguintes empresas apoiadoras: Asya Fashion, Shopping Cidade Leste, Dubai Transporte Executivo, Super Nova Cidade, Polo Digital de Manaus e Rede DB Supermercados. A luta agora é para buscar mais parceiros. 

O empresário Ayman Yacoub é um dos integrantes da campanha e demonstra muita disposição para ajudar. "Resido no Amazonas desde meus 18 anos e tenho muita gratidão ao povo amazonense. Agora é a hora de ajudar quem mais precisa. É hora de união.”

Presidente do Instituto de apoio e inclusão da Pessoa com Deficiência do Amazonas (IAIDAM), Frank Rocha, agradece o apoio. “É um momento em que muitos estão com fome e sem dinheiro para comprar alimentos do dia. Quero agradecer a luta de todos que estão unidos neste projeto.” 

Como ajudar

A campanha está aberta a novos doadores no endereço: Instituto Abílio Pontes – Rua D, 56 – Redenção. O doador que não tem transporte, basta entrar em contato pelo número (92) 99367-5397 que as equipes se deslocam e realizam as coletas.

Quem puder doar recursos pode realizar transferências bancárias na conta da campanha: Caixa Econômica / Agência: 2897 / Conta: 00003220-2 / Instituto Abílio Pontes / CNPJ: 07.037.234/0001-52.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.