Últimas

Prefeitura amplia vacinação de idosos contra Covid-19 com novo posto na Bola da Suframa

Com a meta de vacinar todos os idosos com 75 anos ou mais nos próximos dias, o prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou a instalação de um novo posto de vacinação na zona Sul da capital.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O local escolhido foi o Centro Cultural dos Povos da Amazônia, localizado na Bola da Suframa, que, a partir desta segunda-feira, 1º/2, irá funcionar com a modalidade drive-thru e ponto fixo.

Neste domingo, 31/1, David Almeida, acompanhado da titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, e o secretário de Estado de Cultura, Marco Apollo, visitou o local e definiu os últimos detalhes para a instalação das estruturas de vacinação. Equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) foram convocadas para realizar a limpeza e sanitização da área que será utilizada para vacinar os idosos.

O prefeito informou que a ampliação na Campanha de Vacina visa agilizar o processo de imunização da população. “Já a partir de amanhã, na Zona Sul de Manaus, vamos abrir mais um ponto de vacinação, onde a nossa meta é fazer a imunização diária de mais de mil pessoas. Nossas equipes tem a capacidade de imunizar 10 mil pessoas, mas nós vacinamos algo em torno de 30% nos últimos dias. Por isso, vamos ampliar nosso atendimento com maior número de pessoas e o maior número de locais para vacinação”, explicou David.

Além do novo ponto de vacinação, Manaus conta com mais cinco locais na modalidade drive-thru e ponto fixo. São eles: Complexo de Exames do Detran (zona Norte); estacionamento da Universidade Paulista (Unip) (zona Sul); Balneário do Sesc (zona Oeste); Clube do Trabalhador do Sesi (zona Leste); e Shopping Phelippe Daou (zonas Norte e Leste).

Mais de 6,4 mil idosos vacinados

Com a antecipação da vacinação do segundo grupo de idosos, da faixa etária de 75 a 79 anos, que estava programada para o dia 4/2, a prefeitura já havia vacinado, até as 14h deste domingo, mais de 6,4 mil idosos contra a Covid-19.

O adiantamento da vacinação do segundo grupo foi determinado pelo prefeito David Almeida para otimizar o aproveitamento das equipes de vacinação e da estrutura montada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, esteve nos postos na manhã deste domingo para acompanhar a vacinação. “Nós iniciamos a campanha com idosos de 80 anos e mais. Verificamos que, à medida que a vacinação foi transcorrendo, a estrutura montada por nossa equipe tinha capacidade para atender a um público maior e decidimos pela antecipação da imunização do segundo grupo, que era o da faixa de 75 a 79 anos. Rapidamente nos reorganizamos e também esses idosos estão recebendo a primeira dose da vacina”, informou a secretária.

A Semsa tem 50 equipes trabalhando na vacinação contra a Covid-19. São 200 servidores atuando diariamente, agora também aos domingos, na aplicação da imunização dos idosos, além de pessoal de apoio e coordenação. Esses profissionais atuam, simultaneamente, desde o dia 19, na vacinação de todos os grupos iniciais – trabalhadores da saúde, idosos de instituições de longa permanência e, agora, dos grupos de idosos a partir dos 70 anos, de acordo com as faixas específicas.

“Nós temos capacidade de atendimento, temos a quantidade de vacinas para esses grupos e a estrutura adequada para garantir que essas pessoas sejam vacinadas com total segurança, com riscos ínfimos de contaminação, tanto nos carros, em drive-thru, como os que vêm por outros meios e são atendidos nos postos fixos que funcionam no mesmo espaço”, destacou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, enfermeira Marinélia Ferreira.

Com a antecipação, o atendimento do segundo grupo de idosos contemplados pela vacina será concluído na próxima sexta-feira, 5/2, quatro dias antes do planejamento inicial.

Cuidados

O médico assesor da Semsa Djalma Coelho fez questão de relembrar que mesmo após receber a primeiro dose da vacina contra a Covid-19, os idosos precisam manter os hábitos de biossegurança - lavar as mãos, uso de máscara e álcool em gel - e o distanciamento social. Além disso, é necessário ficar atento para receber no período certo a segunda dose.

“A recomendação é que após receber a primeira dose, o idoso guarde seu cartão é se preocupe com o prazo exato para receber sua segunda dose. A primeira dose, ela não imuniza completamente. Então, o idoso, mesmo recebendo essa primeira dose, tem que permanecer com todos os cuidados”, explicou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.