Últimas

Crespo chega ao Brasil para assinar contrato de 2 anos e começar a trabalhar na análise do elenco

Questionado sobre o jejum de títulos do São Paulo, que não vence um campeonato desde 2012, com o título da Copa Sul-Americana, ele evitou se estender: "É uma bela e grande responsabilidade". Havia muito mais jornalistas do que torcedores esperando o novo treinador são-paulino.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Pela programação inicial do clube, Crespo vai conhecer inicialmente o estádio do Morumbi, onde assinará o contrato. Deve almoçar no local. Em seguida, o treinador vai conhecer as instalações do clube em Cotia, cidade vizinha à capital, onde treinam os times da base.

Substituto de Fernando Diniz, Crespo terá mais cinco membros de sua comissão contratados pelo São Paulo. Seu auxiliar é Juan Branda. Ele traz ainda para o Brasil um preparador de goleiros, dois profissionais da área física (Alejandro Kolan e Gustavo Satto) e mais um técnico de desempenho. O valor mensal da comissão será de R$ 1 milhão. O argentino terá ao seu lado Muricy Ramalho, agora coordenador de futebol.

Aos 45 anos, Crespo é um jovem treinador com menos de cem jogos no currículo. Atacante de carreira extensa por clubes italianos e pela seleção argentina, começou a carreira de técnico nesse mesmo país nas categorias de base do Parma. Depois passou pelo modesto Modena, Banfield e pelo Defensa Y Justicia, seu último clube, pelo qual foi campeão da Copa Sul-Americana.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.