Últimas

DENÚNCIAS: Enquanto a população do Amazonas morre por falta de oxigênio, Wilson Lima desafia a justiça e mantêm o jatinho luxuoso

Com promessas de mudanças no Estado do Amazonas, em 2018, Wilson Lima conquistou a confiança dos Amazonenses e acabou ganhando as eleições, mas o que ninguém esperava, era que essas mudanças eram para o “povo”, o povo lá da casa dele.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De um simples apresentador, cativante e cheio de coragem em defesas das comunidades, Wilson Lima, passou a ganhar a confiança de todos os Amazonenses, inclusive, participou por muitos anos do almoço dos Manauaras e dos Amazonenses, em seu programa diário, o Alô Amazonas, na TV Acrítica.

Com o resultado do pleito para governo do estado em 2018, o humilde apresentador, passou a ter dias de glorias, esquecendo, que um dia era um grande incentivador das lutas comunitárias.

Depois que assumiu o cargo de governador, a vida daquele jovem apresentador, que dançava e brincava na tela de tv, deixou seu humilde cafofo e foi morar em uma mansão no Condomínio Jardim Vila Rica, no bairro Efigênio Salles, um dos metros quadrados mais caros na capital.

A Justiça Estadual vetou o contrato de um jatinho particular no valor de R$ 9,3 milhões, justificando que este não era o momento, pois muitos amazonenses não conseguem leitos em hospital, UTI ou oxigênio para respirar.

O Juiz Flávio Henrique Albuquerque de Freitas, sob a ação requerida pelo deputado Wilker Barreto, aceitou que a Casa Militar abrisse inscrições na última semana, quinta-feira (04), para receber propostas para o aluguel de jatinho executivo para atender o governador do Estado, Wilson Lima, familiares e autoridades em visita oficial pelo período de um ano. As empresas aéreas interessadas têm até o próximo dia 17 para realizar a inscrição.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.