Últimas

Equipes da Prefeitura de Manaus visitam futura área do projeto multicultural ‘Farol do Conhecimento’

O projeto interdisciplinar da Prefeitura de Manaus, “Farol do Conhecimento”, que vai reunir cultura, esporte, lazer, turismo, educação e saúde em espaços multiculturais, voltado a crianças e adolescentes, será implantando em locais públicos subutilizados, e um deles fica no bairro Educandos, zona Sul, onde foi realizada uma visita técnica nesta terça-feira, 3/2.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, e o subsecretário de Esporte e Lazer, integrante da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Platiny Soares, realizaram a visita e de acordo com o gestor cultural, a ideia do prefeito David Almeida é que o Farol do Conhecimento chegue a todos os bairros de Manaus.

“A determinação do prefeito David Almeida é que o Farol do Conhecimento proporcione, em um único espaço, acesso a bibliotecas, internet, cursos de formação e qualificação, além de complementação à formação escolar, tendo como alicerces a cultura e a educação. Esses pontos serão também utilizados para a educação patrimonial, histórica e geográfica do Amazonas”, explicou o diretor-presidente, ressaltando que a primeira fase do projeto compreende identificar essas áreas subutilizadas para futuro uso.

Numa atuação conjunta entre a Manauscult e o Conselho Municipal de Cultura (Concultura), o Farol do Conhecimento envolverá ainda outras pastas da Prefeitura de Manaus, como a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio de suas Divisões Distritais Zonais (DDZs). A Subsecretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), que integra a estrutura da Semasc, é a primeira pasta a conhecer a proposta.

No Educandos, os gestores visitaram o Centro Social e Cultural Zulândia Pinheiro e a praça em frente à Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Para Platiny Soares, o projeto Farol do Conhecimento vai ao encontro de ações que já estão sendo estudadas pela Semjel.

"Um projeto transversal como esse poderá levar à população manauara tanto cultura quanto esporte e educação, e assim modificar a rotina das pessoas que moram no entorno dessas áreas. Fico feliz, pois essa cooperação entre as secretarias é positiva, sobretudo, para o cidadão, que recebe um serviço público de qualidade. Levaremos essa iniciativa para os bairros de todas as zonas de Manaus, numa ação descentralizada, que vai revitalizar esses espaços subutilizados com programações culturais e esportivas", destacou o subsecretário.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.