Últimas

Exclusivo: irmãs Lins processam Leandro Hassum em R$100 mil após serem chamadas de ‘burras’ em rede nacional

Após o escândalo envolvendo a vacinação das médicas Isabelle e Gabrielle Lins repercutir em todo o país, o humorista Leandro Hassum comentou durante o programa Encontro com Fátima Bernardes, a acusação de que as médicas furaram a vila em Manaus. 


Agora, as irmãs pedem na justiça que Hassum pague uma indenização no valor de R$100 mil por ter falado sobre o assunto em rede nacional.




Após o trecho do programa viralizar, Isabelle e Gabrielle Lins entraram com uma ação de indenização por danos morais contra Leandro Hassum. O Portal CM7 teve acesso ao processo movido contra o humorista, onde segundo as gêmeas, Leandro se deixou manipular por relatos distorcidos da imprensa, sem se aprofundar de fato no que aconteceu, e acabou prejudicando as mesmas com o comentário.


As médicas usam como defesa que acima de tudo são profissionais da saúde, e que o Poder Público que deveria ter organizado a fila da vacinação. Logo, as mesmas não se consideram erradas em momento algum. Diante dos pontos abordados, Isabelle e Gabrielle Lins pedem que Leandro pague para cada uma delas o valor de R$50 mil e ainda se retrate publicamente nas redes sociais sobre o ocorrido.


Até o presente momento, contudo, não houve defesa por parte de Leandro, no entanto este tem até o dia 18 de março para constituir um advogado e apresentar a sua contestação, tendo em vista que não há audiência de conciliação marcada.

O processo foi protocolado na última sexta-feira (19/02), sob o número 06172091020218040001. Os advogados das autoras do processo pediram segredo de justiça, afirmando que não há necessidade de mais exposição sobre o assunto, mas a justiça indeferiu o pedido na última segunda-feira (22/02).


Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.