Últimas

Governo do Amazonas prorroga decreto e libera comércio por drive-thru; entenda

O Governo do Amazonas anunciou, neste sábado (13), que a medida de restrição na circulação de pessoas em todos os municípios de 19h às 6h será prorrogada por mais sete dias. Além disso, estabelecimentos não essenciais continuam proibidos de abrir para o público, mas podem atuar, além do sistema de delivery (entregas), por drive-thru. Agora, também está liberado atendimento de serviços de beleza em domicílio.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As novas medidas passam a valer a partir desta segunda-feira (15) e ficará em vigor até dia 21 de fevereiro. O decreto anterior, que determinava o fechamento do comércio permitindo somente delivery, encerraria domingo (14).

Veja o que muda:

º permanece restrição de circulação de 19h às 6h;

º comércio e serviço permitido drive-thru, das 8h as 15h mediante plano de operação elaborado pelo comércio;

º comércio eletrônico permitido;

º estão permitidas obras de manutenção emergencial em residências;

º serviços oficinas mecânicas, exceção funilaria e pintura, 8h ás 17h – agendamento e não acima de 50%;

º permitidos salão de beleza, barbearia e similares somente para atendimento em domicilio;

º transporte intermunicipal para pessoas em tratamento de saúde e serviços essenciais;

º transporte de cargas essenciais;

º transporte de cargas para indústria liberado pelo período 24h;

º permitido deslocamento veículos de transporte de funcionários da indústria;

º atividade física ao ar livre está permitida;

As medidas de restrição contra à Covid-19 estão em vigor desde o dia 2 de janeiro, após o Amazonas registrar um segundo surto da doença, com recordes de casos, internações e mortes em decorrência do novo coronavírus.

Houve também superlotação e falta de oxigênio nas unidades de saúde, que obrigaram o governo a enviar pacientes para outros estados. Até esta sexta (12), mais de 292 mil casos da doença e 9.753 mortes por complicações da Covid.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.