Últimas

Missão da OMS na China não confirma origem do Covid-19

Cientista da missão da Organização Mundial da Saúde (OMS) que visitou Wuhan afirmou que o vírus que causa a Covid-19 pode não ter surgido na China e rejeitou as teorias que vazou de um laboratório.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O professor John Watson, que fez parte da equipe da OMS que viajou à China para investigar as origens da pandemia, disse que o salto do vírus dos animais para os humanos pode ter ocorrido fora das fronteiras do país.

A China enfrenta alegações de que o Instituto de Virologia de Wuhan pode ser a fonte suspeita do vírus Covid-19. No entanto, a equipe da OMS concluiu que era ‘extremamente improvável’ ter entrado na população humana como resultado de um incidente laboratorial.

O professor Watson disse que a possibilidade de que ele possa ter escapado de um laboratório não foi “descartada”.

Descrevendo os resultados da missão de apuração de fatos de um mês de sua equipe, o Dr. Embarek, líder da equipe da OMS, disse que a equipe não conseguiu estabelecer de onde o vírus veio ou como ele se espalhou pela primeira vez em humanos.

Em vez disso, ele disse que a equipe apresentou quatro teorias sobre suas origens: transferência direta do animal de origem para as pessoas, transferência por meio de um animal intermediário, transferência por meio de alimentos e transferência por vazamento de laboratório.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.