Últimas

No fim de semana, PM prende 33 e retira 13 armas de fogo das mãos de criminosos em Manaus

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) prendeu, neste final de semana, 33 infratores e apreendeu dois adolescentes em Manaus. As ocorrências foram registradas entre a sexta-feira (12/02) e a madrugada desta segunda (15/02). Foram presas pessoas envolvidas com os crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo. Durante o patrulhamento, 13 armas de fogo foram pegas com criminosos e um foragido da Justiça foi recapturado.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Além das armas, 714 porções de entorpecentes, 35 munições, duas balanças de precisão e R$ 2,9 mil em espécie, ligados a atividades criminosas, foram apreendidos pelas equipes da Polícia Militar. Os casos foram registrados em 14 bairros da capital amazonense. Oito veículos com restrição de roubo e furto foram localizados no final de semana.

No bairro Cidade Nova, zona norte, policiais militares prenderam seis pessoas em ocorrências distintas, pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Durante a abordagem, a guarnição encontrou 73 porções de entorpecentes, uma arma de fogo, o veículo Voyage vermelho, de placa NOW-2114. Os detidos foram encaminhados ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Cidade Nova, zona norte.

Um homem de 32 anos foi preso em flagrante na rua Ágata rosa, Conjunto Viver Melhor 2, bairro Lago Azul, zona norte, por policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na tarde deste sábado (13/02). Com ele, foi apreendida uma arma de fogo, cinco munições, 236 porções de entorpecentes e a quantia de R$ 605 em espécie.

Em patrulhamento na rua Manaus, bairro Coroado, zona leste, equipes da Força Tática abordaram um homem de 25 anos, que estava em atitude suspeita. Na revista, eles encontraram uma arma caseira com uma munição ponto 40 intacta e 130 porções de maconha. O infrator foi apresentado no 14° DIP, após ser preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Além do patrulhamento ostensivo, as ações policiais foram deflagradas a partir do acionamento da população pelo 190, o serviço emergencial do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.