Últimas

Prefeitura recomenda que idosos mantenham os cuidados contra a Covid-19 mesmo após receber a vacina

A imunização com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 está em andamento e as pessoas idosas, por fazerem parte do grupo prioritário, estão sendo vacinadas desde o último dia 29.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Mesmo com a vacina, a Prefeitura de Manaus alerta para que os cuidados de prevenção contra o novo coronavírus sejam mantidos como distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel, além da lavagem recorrente das mãos.

A chefe do Núcleo de Saúde do Idoso da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), enfermeira Eliny Rocha, enfatiza que não é hora de se descuidar. “A vacina está disponível, os postos de vacinação estão divulgados, os idosos podem buscar esses pontos para se vacinar, mas é importante reforçar que, mesmo tomando a primeira dose da vacina, os cuidados de proteção e prevenção contra o vírus permanecem”, adverte.

Acompanhamento

A Rede de Atenção Primária da Semsa faz o acompanhamento e monitoramento de pessoas acima dos 60 anos, serviço que não sofreu interrupção com a pandemia da Covid-19, e com o auxílio do telemonitoramento para acompanhar pacientes, a equipe avalia se existe ou não a necessidade de uma visita domiciliar.

É no telemonitoramento que os profissionais conseguem identificar as possíveis fragilidades que o idoso ou a família estejam passando, dando assim a orientação adequada para o caso. A avaliação multidimensional busca desenvolver ações que permitam a autonomia da pessoa idosa.

“No trabalho da secretaria com os idosos, nós temos as nossas unidades específicas para Covid-19 e unidades com os dois fluxos, caso seja necessário buscar uma delas. Se o idoso não pode ir, nós temos o telemonitoramento que alcança essa pessoa. Na ligação, nossos profissionais buscam saber como o idoso está, e caso não seja ele próprio na conversa, busca-se saber se ele está tendo alguma alteração e necessidade de visita domiciliar”, disse Eliny.

Além da pessoa idosa, a secretaria acompanha e orienta os familiares, que muitas vezes têm dificuldade em lidar, ou até mesmo desconhecem o processo de envelhecimento. Como forma de suprir essa necessidade, identificada em muitas casas, a Semsa promove, anualmente, em todos os seus distritos, o curso de Cuidador Informal de Idoso, que prepara as pessoas mais próximas a terem um cuidado adequado.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.