Últimas

Quarto pega fogo e duas crianças são vítimas, “os dois eram irmãos; um tinha 02 e o outro 09 anos”

Na madrugada desta quarta-feira (17), três irmãos morreram carbonizados, a e outro de pós quartos em que eles dormiam ser tomados pelas chamas. A tragédia ocorreu em uma casa da Vila Real, em Poá, município de São Paulo.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as vítimas são dois meninos identificados como Lorenzo Reis de Faria e Vieira, de 2 anos e Gabriel Reis de Faria e Vieira, de 9; além de uma adolescente identificada como Fernanda Verônica Reis de Faria e Vieira, de 14.

O pai das vítimas, Ricardo Reis de Farias e Vieira, dormia em outro quarto quando percebeu o incêndio na casa. Sem conseguir arrombar a porta onde os filhos estavam, foi até a delegacia, que fica perto da residência, e pediu ajuda.

“Ele veio pedir socorro na delegacia, porque as crianças estavam trancadas lá e ele não conseguia arrombar a porta. O policial civil foi até a casa e arrombou a porta. Em razão das chamas, não conseguiu avançar até o quarto, ingressar no quarto”, explica o delegado Eliardo Amoroso Jordão.

Os bombeiros foram acionados e oito veículos da corporação se deslocaram para o local do incêndio. “Quando nossa primeira viatura chegou, o fogo já havia tomado toda a casa.

A gente se limitou a tentar baixar a temperatura para iniciar a operação. São três cômodos. Eles iniciaram a exploração pelo cômodo dos fundos, pelo quarto dos fundos. Em seguida, adentraram o quarto do meio, onde foram encontrados os três corpos”, explica o capitão Edson Vieira.

Gabriel e Fernanda tinham sido adotados em 2014 pelo casal Ricardo e Leandro José Reis de Faria e Vieira e o bebê foi adotado em 2019. De acordo com familiares, o casal se separou recentemente, mas a guarda era compartilhada. Eles disseram que as crianças eram muito amadas pelos pais e lamentaram a tragédia. O caso segue sob investigações.


Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.