Últimas

Alunos da educação infantil recebem material de apoio da Prefeitura de Manaus para complementar estudos

Para complementar o projeto “Vamos Brincar!”, desenvolvido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) para atender alunos da educação infantil durante a pandemia do novo coronavírus, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Doutor Fernando Trigueiro, no bairro Japiim 2, zona Sul, criou apostilas com atividades de apoio.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O material impresso é entregue quinzenalmente para os 383 estudantes matriculados na unidade de ensino. Uma nova remessa começou a ser distribuída nesta segunda-feira, 29/3.

As atividades são elaboradas pelos professores, para atender as crianças do maternal III, de três anos de idade, e 1º e 2º períodos, de quatro a cinco anos. As entregas são realizadas de acordo com a escala estabelecida pela direção do Cmei e obedecem aos protocolos de segurança. Os pais ou responsáveis vão até a unidade no horário e dia marcados e informados nos grupos de WhatsApp.

A gestora Rejane Regis explica que os pais ou responsáveis que não estão incluídos no grupo de WhatsApp da turma do filho devem entrar em contato com o Cmei para que a criança seja acompanhada e receba todos os benefícios disponibilizados pela unidade.

“Nós ainda não conseguimos contato com alguns pais, são erros que acontecem na hora da matrícula, por isso divulgamos alguns números na porta da escola, na igreja e nos mercadinhos do bairro, tudo isso para que nenhuma criança fique sem acompanhamento ou perca os benefícios cedidos a elas”, informou Rejane.

A professora Cledima Maciel, do 2º período, conta que a parte lúdica, sempre muito trabalhada na Educação Infantil, também está presente no material impresso entregue aos alunos.

“Todos os alunos, os que têm acesso ou não às aulas do “Vamos Brincar!”, receberam as atividades de apoio. Nós, professores, buscamos não fugir do lúdico e manter também o letramento, por isso sempre auxiliamos os pais nas atividades que são feitas com sucatas, alfabeto móvel, pinturas, recortes e nisso estreitamos o laço afetivo com os pais ou responsáveis”, pontuou a professora.

Para o servidor público, Luan Barroso Sawada, pai do pequeno Eiji Félix Sawada, cinco anos, do 2º período, diz que as atividades ajudam bastante no desempenho do filho e que a família e a escola precisam caminhar juntas para que os resultados sejam positivos.

“Dentro das circunstâncias que vivemos devido à pandemia, é a melhor maneira de manter os estudos das crianças e tem sido muito proveitoso. Nós sabemos que a escola e a família precisam ter essa união, uma ajuda mútua, todos precisam ser responsáveis pela educação das crianças. A escola pode fazer um trabalho excelente, mas não será tão efetivo se em casa não tiver apoio. Em casa estou sendo um segundo professor e dentro dos meus limites tenho conseguido desenvolver a aprendizagem do meu filho”, comentou Luan.

Por conta da proximidade da páscoa, além do material impresso, dessa vez os alunos também receberam uma caixa de chocolates e bombons.

Contatos

Para informações sobre o Cmei Doutor Fernando Trigueiro, os pais ou responsáveis devem entrar em contato por meio dos telefones, (92) 98105-1414 (WhatsApp), 99137-0037 e 98842- 7955 (ligação).

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.