Últimas

Ator abre o jogo sobre romance com colega de Chaves: “Foi difícil de acreditar”

Carlos Villagrán, que interpretou Quico em Chaves, abriu o jogo em relação ao caso que teve com Florinda Meza, a Dona Florinda.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“Um dia ela estava com o carro na oficina e me pediu uma carona. Depois ela me convidou para ir até a casa dela, me convidou para jogar uns jogos e bem, todos já sabem”, disse o ator de Chaves ao programa mexicano Intratables, conforme o jornal La Nacion.

“Foi difícil de acreditar, porque o convite partiu dela, ela me pediu a carona, ela me convidou para a casa dela e tudo mais, mas foi tudo muito breve, não durou nada”, continuou Villagrán.

O astro revelou ter precisado de ajuda de Roberto Gómez Bolaños, o próprio Chaves, para terminar com Florinda.

“Ele me disse, ‘fique na sua’ e tudo mais. Ele não precisou interceder, eu pedi ajuda e conselho, disse para ele, ‘olha, isso é muito pesado para mim, é uma posição que não gosto’. E ele me disse: ‘encerre isso agora porque ainda temos que gravar hoje’”.

Curiosamente, Bolaños chegou a se casar com Florinda Meza e permaneceram juntos entre 2004 e 2014, com o falecimento do astro de Chaves.


Nova série de Chaves

Chaves vai ganhar uma nova série derivada, além de filme, protagonizado pelo Chapolin Colorado.

O anúncio foi feito pelo filho de Roberto Bolaños, o Chaves, em entrevista divulgada pelo jornal mexicano El Universal.

“Estamos trabalhando em um filme em live action. Tivemos pouco tempo para dar forma a isso, então teremos todo um processo para ver o tamanho que isso pode ter”, Roberto Gómez Fernández.

“Não podemos competir com um filme americano de super-heróis que custa 20 milhões de dólares, mas pode ser uma produção de primeira qualidade”.

O filho do astro de Chaves também falou sobre quem viverá o icônico personagem da televisão mexicana.

“É muito importante que tenha certo reconhecimento, que seja conhecido nos Estados Unidos, que não seja desconhecido e que a representação do personagem seja genial. Não é fácil”.

Fernández ainda falou sobre os planos dos derivados de Chavez.

“Temos algumas possibilidade de criar algo novo sem ser um revival. O que foi feito com o elenco original não pode ser repetido. Há uma história que nunca foi para a televisão: a origem do Chaves. Só saiu em livro (‘El Diario de El Chavo’) e poderíamos explorar as perspectivas dos diferentes personagens da vizinhança”.

Fonte: Observatório do Cinema

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.