Últimas

Cadastro para participar de edital de doação de ração encerra hoje (05)

As inscrições para os protetores e cuidadores de animais interessados em receber ração animal gratuita encerra hoje (05)

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A doação faz parte do Programa Estadual de Bem-estar Animal da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), em parceria com a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), e é executado através de emendas destinadas pela deputada e protetora dos animais, Joana Darc (PL).

Podem ter acesso ao benefício, os protetores independentes e cuidadores de animais comunitários que residem em Manaus, Manacapuru, Novo Airão, Área de Preservação Ambiental (APA) do Rio Negro, e nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga da Conquista e Rio Negro.

Para ter mais informações sobre o programa e preencher o formulário de inscrição, acesse: (fas-amazonia.org). A deputada disponibilizou uma linha telefônica para dúvidas e esclarecimentos sobre o processo, o telefone (92) 99305-8005 e destacou a importância da iniciativa. “É a primeira vez que um programa como esse acontece no Amazonas, e no que depender do nosso mandato, faremos muito mais pelos animais e pelas pessoas”, afirmou Joana.

Conquistas para causa animal

Além de articular e fomentar o projeto de doação de ração, Joana Darc também é a principal representante do ativismo animal no Amazonas e já coleciona diversas conquistas para a causa.

- Destinou mais de R$ 3 Milhões em emendas para a implantação do primeiro Hospital Veterinário Público do Amazonas, que está em fase final de negociações para iniciar a reforma e implementação;

- Com recursos próprios, criou e mantém uma Unidade Móvel de Urgência, chamada de ‘SamuVet’, usada para socorrer animais que precisam de atenção veterinária;

- Joana também destinou recursos para a aquisição das primeiras Unidades Móveis de Castração do Amazonas. Serão três ‘Castramóveis’ utilizados para esterilizar animais de forma gratuita e, assim, evitar a reprodução descontrolada desses animais, que muitas vezes acabam indo parar nas ruas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.