Últimas

David Almeida anuncia trabalho 24 horas para recuperar trecho da avenida Djalma Batista que cedeu

Durante vistoria nesta sexta-feira, 19/3, ao trabalho de recuperação do trecho da avenida Djalma Batista que cedeu na última quinta-feira, 18, devido às fortes chuvas e a subida das águas, o prefeito de Manaus, David Almeida, garantiu que a ponte está segura e anunciou que as equipes da Prefeitura de Manaus trabalharão 24 horas para sanar o problema o mais rápido possível.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“O que aconteceu foi um deslocamento de material, mas a ponte está segura. A prefeitura já se antecipou, viemos aqui ontem à noite, abrimos o meio-fio, vimos o tamanho do problema e agora nós poderemos fazer a recomposição e recompactação do solo e, com trabalho aos sábados, domingos e feriados, certamente a avenida estará novamente à disposição da população o mais rápido possível”, assegurou o prefeito, que na manhã desta sexta-feira visitou o local pela terceira vez.

Desde que a pista cedeu no trecho entre o parque dos Bilhares e a rua da Maromba, na Chapada, zona Centro-Sul, na ponte do igarapé do Mindu, nos dois sentidos da via, junto ao canteiro central, equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) deslocaram-se imediatamente ao local e interditaram a via, para avaliar a proporção da erosão e orientar os motoristas que passam pelo local.

"Um dos nossos agentes de trânsito, de maneira muito responsável nos acionou após identificar um buraco no canteiro central da Djalma Batista. Com nossa equipe de pronta-resposta identificamos que toda contenção, feita de rip-rap deste lado da pista, foi levada pelas águas do igarapé, deixando a via descalçada e segura apenas pelo asfalto", afirmou o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta.

Segundo Rotta, o trabalho será revitalizar a contenção do local, que será feita com gabião - tipo de estrutura armada, flexível, drenante e de grande durabilidade e resistência - para que a revitalização seja realizada de maneira ágil, segura e duradoura.

Rotta disse que as obras estão sendo realizadas com muita cautela, devido a uma tubulação de gás que passa no local e tentando causar o menor transtorno aos usuários da via. “Tentaremos realizar a revitalização sem interditar toda a pista", afirmou Rotta.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.