Últimas

FEMINICÍDIO: Por não aceitar o fim do relacionamento, jovem é morta a facada pelo companheiro

Uma jovem de 22 anos, identificada como Lígia Calixto Monteiro, foi vítima de feminicídio pelo companheiro Michel Junior Ferreira Alves, de 30 anos, que a esfaqueou na garagem da própria casa, na tarde deste domingo (21), na Região Metropolitana de São Paulo, rua Rio Negro, número 425, no Jardim Nova Itaqua, por volta das 15h50.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com a Informações, o suspeito conseguiu fugir do local do crime. Lígia foi encontrada sem vida na garagem da sua residência. Uma das testemunhas relata ter ouvido gritos da casa da vítima e, ao se aproximar da residência, presenciou Michel Esfaqueando a vítima.

Segundo informações dos vizinhos de Lígia, o suspeito chegou com o filho do casal no colo, e a chamado no portão. Ao atendê-lo, Lígia foi golpeada. O vizinho, ainda tentou ajudar a vítima, Jurandi pegou a criança de Michel e o empurrou. Enfurecido, o homem partiu para cima do vizinho.

Michel teria perseguido Jurandi, porém, não o alcançou e em seguida voltou a garagem para golpear Lígia. Após o crime, o homem fugiu. Por meio das redes sociais, Viviane Pereira, irmã da vítima, afirmou que a irmã foi morta por Michel pois ele não aceitava o término. O caso foi registrado como feminicídio na Delegacia de Itaquaquecetuba.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.