Últimas

Fisioterapeuta denuncia dono de academia por estupro e pede Justiça

Uma fisioterapeuta que não teve a identidade revelada denunciou o proprietário de uma academia por estupro. Ela fez exames para confirmar a presença de sêmen do acusado no mesmo dia da ocorrência, registrada na semana passada.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O advogado da denunciante, Glauber Paiva, ainda entregou à polícia uma suposta conversa entre a mulher e o acusado, cujo teor confirmaria a agressão.

Na conversa, que a defesa da fisioterapeuta relatou por meio de texto – e não em print -, a mulher diz: “Uma coisa é brincar, mas fui muito clara, o tanto que eu sou feliz no meu casamento e que eu não queria”.

Em resposta, o dono da academia se mostrou arrependido, de acordo com as mensagens descritas pelo advogado. “Te peço desculpas, e entendo que não queira mais treinar e dar continuidade”.

Entretanto, o advogado reclamou que não teve acesso ao inquérito aberto pela Polícia Civil e pediu agilidade das autoridades para confiscar aparelhos eletrônicos do acusado, para preservar as supostas mensagens.

“Tinha conversa entre eles dele se retratando e assumindo. Então, esses aparelhos tinham que ter sido apreendidos e encaminhados à perícia”, afirmou.

Paiva também detalhou que sua cliente procurou atendimento psiquiátrico após o caso e disse acreditar que outras vítimas do suspeito aparecerão após a repercussão do caso.

A Polícia Civil de Minas Gerais disse, por meio de nota, que solicitou perícia técnica de documentos e imagens que podem auxiliar no esclarecimento dos fatos.

Um inquérito policial está em andamento na Delegacia Especializada de Combate à Violência Sexual e que, na data dos fatos, “após depoimentos e informações colhidas nos autos, a delegada de polícia não encontrou elementos suficientes para ratificar o flagrante. Todos foram ouvidos e liberados”.


Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.