Últimas

Líder das religiões de matriz africana critica suposto ‘Pai de Santo’ preso com drogas em Manaus

Cinco pessoas foram presas suspeitas de terem envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul de Manaus. Na ocasião, um dos suspeitos se apresentou como “Pai de Santo”.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Durante a operação, a equipe do 23° Distrito Integrado de Polícia (DIP) encontrou um caderno recheado de encantamentos usados para driblar qualquer equipe policial.

Entretanto, o suposto “Pai de Santo” foi criticado por representantes das religiões de matriz africana.

Pai Alberto Jorge Silva, coordenador-geral da Articulação Amazônica dos Povos e Comunidades Tradicionais de Terreiro de Matriz Africana no Amazonas (Aratrama/AM), disse que a organização não compactua com tráfico de drogas e espera que o suspeito seja punido.

“Em tempo algum, nossa Ancestralidade nos recomenda ou nos empodera à estar do lado de traficantes, ladrões e assassinos em suas ações criminosas […] Prestamos desagravo aos bons honrados e justos Policiais Militares do Amazonas, que todos os dias, arriscam suas vidas para garantir o bem estar e a ordem social”, disse.

Ele também alertou que supostos pais/mães de santo, ligados à criminalidade são “estelionatarios que se disfarçam de sacerdotes/sacerdotisas de Axé para ludibriar, enganar, explorar, extorquir pessoas de boa fé”.

Prisão

Durante as diligências foram presos três mulheres e dois homens. Um adolescente de 17 anos foi apreendido. As prisões aconteceram em duas casas diferentes, nos bairros Parque Dez e Educandos.

No local, a polícia disse ter apreendido 13 porções de maconha tipo oxi e cocaína nas duas residências, além de uma balança de precisão e uma motocicleta.

Os suspeitos foram presos, em flagrante, e vão responder pelos crimes de associação para o tráfico, tráfico majorado por arma de fogo e corrupção de menores.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.