Últimas

Manual padroniza vistorias e aumenta segurança na Suframa

 A Superintendência Adjunta de Operações (SAO) da Suframa está padronizando as atividades e tarefas de todas as suas unidades no que diz respeito à vistoria física de mercadoria nacional. No último dia 3 de março, mais de 80 servidores passaram por uma oficina sobre o tema, elaborada pela Coordenação-Geral de Controle de Mercadorias e Cadastro (CGMEC) e aplicada pela Coordenação de Integração Fiscal (COCIF) da Autarquia.  

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Nos últimos dois anos, a Suframa atualizou seus controles de ingresso de mercadoria, adotando um novo Sistema de Ingresso de Mercadoria Nacional, o SIMNAC; no mesmo período o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) editou um novo convênio, o 134/19; e foi publicada a portaria 834/19; tudo isso gerando um novo ciclo no processo de vistoria física de mercadorias que agora está sendo amadurecido com a padronização das atividades e tarefas em um manual - que vem sendo aplicado, por treinamento, a todas as unidades regionais da Superintendência.

O foco da medida está na integridade da conduta dos servidores mediante as orientações operacionais definidas. O manual foi elaborado de forma a dar maior segurança ao público envolvido - tanto interno, quanto externo - deixando bem claros as obrigações e os limites das ações dos servidores e o grau de responsabilidade no processo. A técnica aplicada no documento teve o objetivo de reduzir a taxa de erros e a variabilidade de procedimentos na prestação do serviço demonstrando o padrão de qualidade definido pela alta administração.

Redução de ruídos

"Com a padronização, a Suframa está diminuindo as brechas para ruídos na comunicação e dúvidas no processo, permitindo a todo servidor envolvido, independentemente do nível hierárquico, ter ao seu alcance informações sobre os direcionamentos que deva tomar em qualquer situação. A expectativa é a de que haverá melhoria na qualidade dos serviços prestados", avaliou o superintendente-adjunto de Operações da Suframa, Luciano Tavares.

Uma segunda oficina deve ser realizada em breve para os servidores que não puderam participar da primeira atividade.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.