Últimas

Motoristas de app fecham a Bola do Produtor em protesto contra o aumento no preço da gasolina; veja vídeo

Os motoristas de aplicativo ressaltaram que o objetivo do protesto não é fazer baderna, mas sim, cobrar respostas sobre o aumento no preço do combustível


Motoristas de aplicativo realizaram na tarde desta terça-feira (2) um protesto contra o aumento no preço da gasolina, que agora custa R$ 5 em vários postos na capital. Os manifestantes fecharam a Bola do Produtor, situada na avenida Autaz Mirim, bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus, e reivindicaram a queda no preço do combustível.

O protesto também contou com apoio de mototaxistas e está acontecendo em outros pontos da cidade, como a avenida Djalma Batista, uma das principais vias de Manaus.

Daniel Vaz, um dos representantes dos motoristas de aplicativos em Manaus, questionou o reajuste do combustível em plena crise causada pela pandemia da Covid-19.

“Nosso objetivo não é causar baderna, apenas queremos uma resposta dos órgãos competentes. Por que esse aumento, sendo que estamos em plena crise? A manifestação é pacífica e pedimos que abaixem o preço do combustível, nós precisamos trabalhar”, disse.

A equipe da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) esteve no local e pediu a liberação da via. O trânsito foi liberado e os agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) foram acionados para ordenar o fluxo de veículos na região.

O aumento no preço do combustível ficou mais caro nas refinarias da Petrobras. De acordo com a estatal, o litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%) e passou a custar R$ 2,60 para a venda às distribuidoras.

Confira o vídeo:





Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.