Últimas

Não é feliz com as bochechas grandes? então conheça a Bichectomia

No mês dedicado às mulheres nada melhor do que cuidar do visual, investir em si mesma e quando se pensa em melhorar a aparência um dos primeiros caminhos escolhidos para o início desta jornada da beleza sem sombra de dúvidas é pelo rosto. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Seja cuidando do sorriso, sobrancelha, fazendo as limpezas de pele, utilizando as máscaras faciais, os cremes hidratantes, as maquiagens, mas mesmo com todos estes recursos a realidade de se olhar no espelho e não ficar contente com a face, principalmente, com as bochechas mais avantajadas sempre são um incômodo.

Para as tradicionalmente pessoas “bochechudas” existem tratamentos disponíveis no mercado para a solução deste problema. Um deles é o procedimento chamado de bichectomia realizado pelo cirurgião bucomaxilofacial. 

O Dr. Flávio Fayad especialista na área tem muita experiência e já realizou vários procedimentos de bichectomia. Ele explica que tanto as mulheres quanto os homens, adolescentes a partir dos 14 anos, jovens e até idosos podem recorrer aos benefícios deste tratamento para reduzir o tamanho das indesejadas bochechas.

Como é feito? quais são os resultados? É seguro? São os questionamentos das pessoas que desejam passar por essa transformação facial. “Bichectomia ou lipoplastia facial de maneira bem simples nada mais é do que o procedimento que reduz o tamanho das bochechas, ou o termo técnico, as bolas de Bichat. 

Estas bolsas de gordura popularmente conhecidas são formadas de tecido adiposo e na maioria das vezes não acompanha o emagrecimento do corpo. Então na cirurgia elas são retiradas ou aparadas deixando por conseguinte um rosto mais fino.” explica Flávio Fayad.

De acordo com o cirurgião dentista, as causas deste formato maior das bochechas devem-se ,principalmente, a dois fatores: O primeiro é devido a genética que confere neste caso a impossibilidade de redução mesmo com emagrecimentos e atividades físicas. Já o segundo fator é ocasionado pelo desregramento alimentar gerando assim um sobrepeso corporal refletido em várias partes do corpo e o rosto não está fora deste parâmetro.

Procedimento permanente

Pacientes que já fizeram este tratamento e por análises de especialistas em cirurgias de bichectomia, o principal motivo que leva milhares de brasileiros a procurar por esta solução todos os anos é o fato de ser uma solução permanente, uma vez feito não há a necessidade de retoques ficando livre para sempre das bochechas grandes.

"É extremamente importante ressaltar a avaliação com um profissional especialista neste procedimento que lhe ajudará e indicará o melhor caminho a seguir e que você coloque um ponto final de vez na baixa estima. Lembrando que o profissional irá avaliar se realmente você pode realizar a bichectomia e criar um plano de tratamento especializado para você caso esteja apto ao procedimento. 

 Como toda cirurgia é necessário o pré operatório e a bichectomia não está longe disto. Exames de sangue, cardiológicos e uma anamnese (investigação completa) serão necessários.”, explica Fayad que é também professor da área da saúde da UEA.

A cirurgia

A bichectomia é um procedimento relativamente rápido, após aplicação da anestesia local o cirurgião dentista fará uma incisão de 1cm na parte interna da bochecha e irá retirar parte do tecido adiposo da região.

“Já no pós operatório como toda cirurgia é necessário certo repouso apesar de se ter recuperação rápida, compressas de gelo e faixas de compressão , além de a alimentação ser essencialmente pastosa nos primeiros dias, tendo sorvetes e alimentos gelados como aliados na melhora.” , ressalta Flávio Fayad.

O resultado final da bichectomia é fantástico, fortalecendo a auto estima do paciente. São informações valiosas que poderão ser fundamentais na escolha desta opção eficaz que soluciona de vez o problema e vai agradar a todos, principalmente, as mulheres que vão se sentir cada dia mais lindas e empoderadas.

Flávio Fayad

É Doutor em Implantodontia. Mestre e especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial. Cirurgião bucomaxilofacial com 25 anos de experiência no mercado da Odontologia, com cursos de Pós Graduação, no Brasil e no exterior, em Cirurgias Periodontais, Disfunções Temporomandibulares, Ortodontia, Harmonização Oro Facial e Estética Dental e professor universitário orientador de linhas de pesquisas. 

Ministra cursos nacionais e internacionais nas referidas áreas e tem produção científica vasta com artigos publicados em revistas especializadas, nacionais e mundiais e capítulos de livros escritos.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.