Últimas

Nobru revela morte de tio por COVID-19: “Foi um momento bem complicado na minha vida”

Bruno “Nobru” Goes terminou o fim de semana comemorando junto aos companheiros do Fluxo o título da Série A – Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). A conquista, contudo, teve um gosto um pouco amargo por ter acontecido em meio a perda de um importante familiar do jogador, o tio, conforme revelou o próprio atleta em entrevista ao Globo Esporte.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Segundo Nobru, a morte do tio foi causada por complicações do novo coronavírus e aconteceu um dia antes da fase final da LBFF. A decisão de continuar competindo veio com o desejo de homenagear o familiar com o triunfo.
“Foi um momento bem triste pra mim porque foi na reta final do campeonato. O campeonato é maneiro, é meu trabalho e tudo mais, mas quando se trata de família a gente deixa tudo de lado para estar cuidando daquilo. Eu mesmo, mesmo distante da minha família, fiz de tudo pelo meu tio”, revelou Nobru

Segundo Nobru, como São Paulo vive atualmente com alta taxa de ocupação de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) tanto em hospitais públicos, como também em particulares, o tio acabou não conseguindo ser internado para se tratar, que levou ao atleta fazer uma profunda reflexão.

“Acabei colocando na minha cabeça que dinheiro, sucesso, fama, acaba não sendo tudo, entendeu? Porque eu vi o estado que meu tio estava precisando de um hospital particular e tudo mais, e mesmo eu sendo o Nobru, mesmo tendo o sucesso que eu tenho, o dinheiro que eu tenho, não consegui vaga em nenhum hospital particular para o meu tio.”

— Nobru

Ao Globo Esporte, Nobru falou o quão difícil foi se preparar para as finais da LBFF em meio ao caso envolvendo o tio. Com a piora do familiar, o jogador não estava conseguindo mais ter bons rendimentos nos treinamentos.

“Toda a pressão que cai em cima de mim, todas as críticas, tudo que acontece na minha vida, como ter perdido meu tio, acaba virando motivação pra mim. Coloquei na minha cabeça que ganharia pelo meio tio porque ele estaria lá de cima orando, me apoiando e torcendo por mim e não foi diferente“, finalizou.

Fonte: Tropa Free Fire

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.