Últimas

Prefeitura de Manaus flagra obra irregular no Tarumã

Uma ação de fiscalização da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), flagrou, na manhã desta segunda-feira, 8/3, uma obra irregular na Área de Proteção Ambiental (APA) Tarumã-Ponta Negra, zona Oeste da cidade.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O local foi interditado até que o proprietário obtenha licença ambiental para continuar a obra.

”A Semmas estará sempre atenta às denúncias e, acima de tudo, seguindo as determinações do prefeito David Almeida, para que atuemos com serenidade e responsabilidade, combatendo os ilícitos ambientais em nossa cidade”, informou o secretário da Semmas, Antônio Ademir Stroski.

Além da interdição, o proprietário do terreno foi multado em 250 Unidades Fiscais do Município (UFMs), aproximadamente R$ 28,6 mil. No local, os agentes da Semmas encontraram uma retroescavadeira fazendo o trabalho de terraplanagem, segundo informou o gerente de Área Protegida da Semmas, Ronnivaldo Abucater de Barros.

“A multa aplicada foi por conta do serviço de terraplanagem sem o devido licenciamento ambiental. A ação irregular já havia derrubado algumas árvores pequenas e as grandes permanecem intactas, mas isso não quer dizer que eles iriam mantê-las em pé, afinal, flagramos um ilícito ambiental”, informou Abucater.

O terreno, que mede 50 (frente) por 100 (fundo), fica localizado na estrada da Vivenda do Pontal, e os agentes da Semmas chegaram até o local após várias denúncias.

Denúncias

Mesmo com restrições sanitárias, baseadas nos decretos municipal e estadual, os agentes de fiscalização da Semmas continuam atuando. As denúncias, temporariamente, devem ser feitas por meio do e-mail denuncias.semmas@pmm.am.gov.br.

“Estamos ajustando os canais de comunicação da Semmas com a população. Alguns já não estavam funcionando há vários meses, mas os ajustes estão ocorrendo e logo a população terá novamente um número de telefone/WhatsApp para fazer suas denúncias de crimes ambientais”, informou o secretário da Semmas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.