Últimas

Prefeitura encerra nesta sexta-feira a vacinação de trabalhadores da saúde contra a Covid-19

Com 99,2% dos trabalhadores da saúde vacinados na capital, a Prefeitura de Manaus encerrou nesta sexta-feira, 19/3, a aplicação de primeiras doses para este grupo prioritário, o primeiro a ser contemplado na campanha municipal de imunização contra a Covid-19.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Desde que foi aberta a campanha, em 19 de janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vacinou 62,8 mil trabalhadores da saúde, dos quais 50,1 mil imunizados com as duas doses. A vacinação segue até o final da próxima semana para as pessoas de 60 anos ou mais, e, durante o tempo necessário, para idosos e trabalhadores da saúde que ainda precisam receber a segunda dose do imunizante.

“Alcançar a vacinação de todos que trabalham na saúde, assegurando assistência aos pacientes, demonstra o compromisso da nossa gestão com o processo de imunizar a população de acordo com as prioridades, de forma organizada, transparente, e no menor tempo possível”, comemorou o prefeito David Almeida. Ele ressaltou que esse compromisso vem permitindo a liderança de Manaus no ranking nacional de vacinados contra a Covid-19 e que o município continua empenhado em garantir mais doses, para dar celeridade ao atendimento dos novos grupos.

De acordo com a secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins, o trabalhador da saúde que, por algum motivo, não procurou os postos de vacinação nos últimos dois meses, para receber a primeira dose da vacina e atender aos critérios de prioridade estabelecidos, deve aguardar orientações da Semsa. “A Divisão de Imunização vai avaliar como esse trabalhador poderá ser atendido ao longo da campanha, com o reordenamento da programação”, explicou Aline.

Idosos

A Semsa também planejou, para o final da próxima semana, o encerramento da aplicação da primeira dose para o público de 60 anos ou mais. Desse grupo, segundo a ser contemplado na campanha municipal, com atendimento escalonado por faixa etária, foram vacinadas 151.092 pessoas até o momento. Entre esses, duas faixas etárias já ultrapassaram a meta nacional de 90% de cobertura: os de 80 anos ou mais, com 19.075 vacinados, 842 acima da meta; e os de 70 a 74 anos, com 28.059 vacinados, quando a meta era alcançar 27.978.

“As demais faixas etárias estão se aproximando da meta e calculamos que dentro de mais uma semana todas elas tenham sido superadas, permitindo o encerramento dessa etapa da campanha e a avaliação e o planejamento da secretaria para as próximas etapas, de acordo com o recebimento de novas remessas de vacina”, avaliou a chefe da Divisão de Imunização, Isabel Hernandes.

Isabel destaca que Manaus antecipou o atendimento de todo o grupo de 60 a 64 anos, com o redirecionamento de doses para essa faixa etária, para a qual o Ministério da Saúde só havia enviado, até a semana passada, 35,7% do necessário. Por esta razão, as novas remessas destinadas a esse grupo, como a de 29 mil desta semana, servirão para a reposição do estoque e não vão alterar o calendário de atendimento, que nesta sexta e sábado já inclui as pessoas de 60 anos.

Na semana que vem, a Semsa continua a atender os remanescentes dos grupos prioritários de idosos para a primeira dose e trabalhadores da saúde para a segunda dose. O atendimento dos idosos será mantido nos pontos de vacinação montados nas diversas zonas geográficas, sendo que o Complexo do Detran, por conta do reinício das suas atividades, deixa de funcionar como local de vacinação, sendo substituído pela Universidade Nilton Lins, na zona Centro-Sul. Para os trabalhadores, o ponto de atendimento exclusivo é a Escola de Enfermagem, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), na zona Centro-Sul. Todos os pontos permanecerão abertos das 9h às 16h.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.