Últimas

Prefeitura encerra semana de formação para coordenadoras de Cras e Creas

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), encerrou nesta sexta-feira, 19/3, o I Curso de Formação para Coordenadoras de Cras e Creas de Manaus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNIOC

Além de integrar as servidoras, a capacitação teve o objetivo de promover o conhecimento com vistas à qualificação dos serviços oferecidos nos equipamentos assistenciais do município.

“Foram cinco dias de atividades com as informações sobre todos os nossos serviços. Nossa expectativa é de que a partir da próxima semana possamos oferecer à população, que busca atendimento em nossos equipamentos, um atendimento de qualidade. A partir dessa formação iremos trabalhar todas as situações relacionadas à vulnerabilidade social, violação de direitos, tudo que é tratado nos Cras (Centros de Referência de Assistência Social) e nos Creas (Centros de Referência Especializado de Assistência Social)”, afirmou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes.

Com uma carga horária de 40 horas, foram tratados diversos temas como Competências e Atribuições dos Coordenadores de Cras e Creas; Conhecendo a Proteção Social Básica; a Proteção Especial; Articulação entre a Rede Socioassistencial e Rede Complementar para a gestão no território; entre outros.

“Pensar hoje, em tempos pandêmicos, as necessidades da população, é pensar em um atendimento qualificado. Então, nada melhor que a Semasc cumprir com o seu dever de oportunizar, a esses trabalhadores, uma qualificação para poder chegar ao usuário com o atendimento que ele merece”, salientou a diretora do Departamento de Proteção Social da Semasc, Lilian Gomes.

Para a coordenadora do Cras Alvorada, Railssa Aguiar, a formação foi fundamental para a qualidade dos serviços oferecidos aos usuários. “Nossa expectativa a partir de agora é reunir com a equipe, elaborar atividades, projetos, que atendam a população, em especial nessa época tão difícil causada pela pandemia da Covid-19”, afirmou.

A opinião também foi compartilhada pela coordenadora do Creas Centro-Oeste, Juliana Cavalcante. “Vamos colocar em prática tudo que aprendemos aqui, oferecendo um bom serviço à população”, concluiu.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.