Últimas

Universidade reinicia atendimento gratuito para pacientes em recuperação

A partir desta quarta-feira (3) os moradores da zona Centro-Sul de Manaus que estão em processo de recuperação pós-Covid-19 poderão receber assistência e atendimento multiprofissional gratuito de especialistas e estagiários de oito áreas.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O serviço será disponibilizado de forma online pela Universidade Nilton Lins, nas áreas de Serviço Social, Fisioterapia, Farmácia, Enfermagem, Psicologia, Nutrição, Fonoaudiologia e Educação Física.

De acordo com a reitora da Universidade, Giselle Lins, a ação é mais uma iniciativa da instituição para reforçar os laços com a comunidade e com o momento pelo qual Manaus está passando na pandemia e também, representa a continuidade e a retomada do projeto iniciado em 2020, quando foi possível realizar parte dos atendimentos de forma presencial.

“Esta ação teve total adesão da comunidade acadêmica que está entusiasmada em oferecer o conhecimento e suporte necessário para as pessoas que já passaram pelo período crítico da doença, mas que ainda estão precisando de orientações e acompanhamento para tratar das consequências e efeitos adversos provocados pelo coronavírus”, ressaltou a reitora, ao acrescentar que os atendimentos poderão ser agendados, via WhatsApp, pelo número (92) 3083-3000.

Após a triagem inicial, os pacientes serão encaminhados para seus respectivos atendimentos, de segunda a sexta-feira, de acordo com o agendamento.

Conversando

“Comunicação de más notícias às famílias em tempos de pandemia” é o tema do primeiro ciclo de debates do projeto “Conversando com a Comunidade”, promovido pela Universidade Nilton Lins na próxima sexta-feira (5), às 16h, com transmissão gratuita nas redes sociais da instituição.

Com a participação de profissionais e especialistas de diversos segmentos, o projeto será realizado quinzenalmente para promover o diálogo com a sociedade sobre temas relacionados com a pandemia, seus impactos no cotidiano do indivíduo e da coletividade, apresentando orientações e apoio a partir de abordagens científicas e acadêmicas.

Giselle Lins acrescenta ainda, que os debates também serão abertos para a participação da população, que poderá enviar, por e-mail ou telefone, perguntas e dúvidas que serão respondidas pelos especialistas ao vivo durante as transmissões.

“Cada conversa será transformada em podcast e ficará disponível para todos que não tiveram oportunidade de assistir no horário do evento”, acrescentou.

Além deste primeiro debate na próxima sexta-feira, fazem parte da programação até o final do semestre os seguintes temas: “Como manter a positividade e o otimismo no cenário de pandemia” no dia 19 de março; “Como lidar com as perdas e o luto em meio à pandemia” (9 de abril); “Pandemia, trabalho remoto e saúde mental” (23 de abril); “Organização da rotina escolar dos filhos em tempos de pandemia” (7 de maio); “Ideias para empreender online” (21 de maio); “Cuidados com a saúde no pós-COVID” (11 de junho); e “Espiritualidade e fé no enfrentamento da pandemia”, no dia 25 de junho.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.