Últimas

Ageman fiscaliza novo procedimento de interligação de redes de esgotamento sanitário que evita obstrução de ruas e avenidas

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) fiscalizou, nesta quinta-feira, 29/4, os serviços da concessionária Águas de Manaus de interligação das novas redes de esgotamento sanitário do bairro Dom Pedro, na zona Centro-Oeste, feitos a partir da técnica de furo direcional.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O novo procedimento evita a abertura de valas para a implantação das redes. A iniciativa de usar uma técnica menos invasiva ao pavimento atende a uma determinação do prefeito David Almeida de evitar que ruas e avenidas já asfaltadas sejam obstruídas pelas obras de saneamento básico e, com isso, seja desnecessário fazer nova recomposição asfáltica.

“Essa técnica, além de evitar que o pavimento seja destruído, causa menos transtorno aos moradores das áreas beneficiadas, não compromete o trânsito e proporciona uma maior celeridade à obra. Foi uma ordem do prefeito David Almeida, e a concessionária trouxe um maquinário de fora para garantir a realização desse serviço; e nós estamos acompanhando a execução desse trabalho”, afirmou o diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho.

A interligação das novas redes de esgotamento sanitário no bairro Dom Pedro foi autorizada pela Unidade Gestora de Água da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), que somente liberou a retomada da obra depois que a concessionária se comprometeu a utilizar a técnica de furo direcional, evitando intervenções de engenharia nas vias que já haviam sido recuperadas pela Prefeitura de Manaus.

Sete ruas do bairro Dom Pedro já estão com as redes de esgotamento sanitário interligadas. O método, considerado não destrutivo das vias, foi aprovado pelos moradores e comerciantes da área. “Agora está tudo tranquilo. Não estão fazendo muita sujeira. Passei agora pouco e vi que o trabalho está acontecendo e não está causando transtorno para nós”, afirmou o empresário Jozélio Gomes.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.