Últimas

Cema reforça estoque de luvas para unidades de saúde

Central adquiriu luvas do tipo cirúrgica estéril e de procedimento que irão abastecer as unidades pelos próximos três meses.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A Central de Medicamentos do Amazonas (Cema), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), reforçou o estoque de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) nas unidades da rede estadual de saúde. A Central adquiriu 12,4 milhões de luvas por meio de Pregão Eletrônico executado pelo Centro de Serviços Compartilhados (CSC-AM), em março deste ano, através do portal de compras do Estado.

As luvas cirúrgica estéril e de procedimento são usadas pelos profissionais de saúde no manejo de pacientes em todos os níveis de atenção e serão destinadas às unidades de saúde da capital e do interior abastecidas pela Cema. Maternidades, Hospitais e Prontos-Socorros, Unidades de Pronto Atendimento (SPAs e UPAs), Policlínicas e os Centros de Atenção Integral à Criança e ao Idoso (Caic e Caimis).

A nova remessa é composta de luvas nos tamanhos P (7 milhões de unidades), M (3 milhões) e G (2,4 milhões). De acordo com a gerente de Programação da Cema, Herbenya Peixoto, a quantidade de EPI equivale a três meses do consumo da rede estadual, e a central planeja nova compra visando a manutenção do estoque para mais quatro meses.

Em razão da pandemia da Covid-19, as luvas apresentaram maior consumo pelas unidades da rede estadual de saúde entre os demais EPIs fornecidos pela Cema. No pregão eletrônico, a caixa de luva de procedimento foi adquirida pelo menor preço.

“A demanda por luvas de procedimento sofreu aumento com a pandemia da Covid-19 no país, e o mercado respondeu com a elevação dos preços. A caixa de luvas chegou a ser ofertada por R$ 180; contudo, no último pregão, o preço cotado foi de R$ 88,50. Dessa forma garantimos a disponibilidade do produto e a economicidade”, ressaltou a gerente.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.