Últimas

CENAS FORTÍSSIMAS: Mulher é torturada, amordaçada, amarrada e jogada no Rio Solimões como oferenda

Na manhã desta quinta-feira (1º), o corpo de uma mulher, até o momento ainda não identificada, foi encontrado boiando no Rio Solimões, no município do Careiro Castanho, a 124 quilômetros de Manaus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO


De acordo com o guarnição do 1ª Pelotão Independente de Polícia Militar (PIPM), era por volta das 10h20 da manhã quando eles foram acionados para a ocorrência. De imediato a equipe, com apoio da Defesa Civil Municipal, se deslocou até a localidade informada e constatou o fato.


O corpo foi encontrado amordaçado, com os braços e as pernas amarrados, o que configura tortura. Ainda durante o processo de resgate, foi verificado que o corpo estava também amarrado em uma hélix (palheta de barco) como âncora.


O cadáver, que já estava em avançado estado de decomposição, apresentava sinais de violência.



A ocorrência foi apresentada à Polícia Civil na 34º Distrito de Polícia para os procedimentos cabíveis. O cadáver foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para os processos necessários.


Fonte: Portal CM7

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.