Últimas

Doar seu tempo e amor, é humanidade presente no projeto social Doe com Amor

A sutileza da vida é fazer o que o coração deseja, mas nem sempre ouvimos o que ele manda e muitas das vezes desejamos coisas vãs e sem muito prazer de viver a vida de forma sutil.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A semana da Páscoa é um momento que os céus estão abertos e aqueles que entendem aproveitam a oportunidade de fazer o ide. A obra é assim, ter um pedacinho do céu para o futuro. Pensando em fazer o bem, sem olhar a quem, o grupo de voluntários do projeto Doe com Amor, coordenado pela empresária Larissa Ribeiro (22) e sua mãe Lucélia Alves, distribuiu caixas de chocolates em duas comunidades ribeirinhas de Manaus, Nossa Senhora de Fátima, no dia 28.03, e Nossa Senhora do Livramento nesta quinta-feira 01.04, fazendo a alegria de mais 450 crianças e alguns adultos.

De acordo com a presidente da Associação de moradores da comunidade Nossa Senhora do Livramento, a assistente social Francisca Cavalcante de Carvalho, 48, ela disse que a “satisfação é enorme de receber o projeto Doe com Amor, porque o sorriso está estampado no rostinho de todas as crianças, e desde ontem quando começou a anunciar a vinda de Larissa e dos voluntários do projeto Doe com Amor, as mães ficaram super animadas e felizes com as doações que seriam feitas”.

A moradora da comunidade há 5 anos, Erica da Silva, 26, agradece as doações feitas, pois a maioria dos moradores não teriam tempo de ir em Manaus e nem dinheiro suficientes para comprar chocolates para seus filhos, e finaliza agradecendo a vinda do projeto e desejando que possam voltar em outros momentos.

Já para Lucélia Alves, 48, o projeto doe com amor, que é coordenado pela sua filha Larissa Ribeiro 22, à surpreende com a iniciativa da filha e que a única coisa que pode fazer é apoiá-la e incentivar a realizar seus sonhos. “Em relação à vinda para comunidade do Livramento, foi gratificante, pois aqui moram pessoas simples e presenciamos o brilho nos olhos de cada criança e de seus pais ao receberem a caixa de chocolates. Outro fato importante é que aqui nas comunidades onde foram distribuídas as doações, as pessoas tem muito mais necessidades que aquelas que moram em Manaus, conclui”.

Larissa Ribeiro 22, que coordena o projeto desde 2016, menciona que doar mais 450 caixas de chocolates não foi uma tarefa fácil, porém, é muito gratificante em ver em cada rostinho a alegria de receber um caixinha de chocolate nessa semana em que comemoramos a páscoa. “A alegria é visível e sentimos uma energia tão emocionante que voltamos renovados para nossas casas. Esse ano, resolvemos fazer diferente dos anos anteriores, planejamos entregar nas comunidades Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora do Livramento, e fomos muito bem recebidos e acolhidos pelos moradores. Espero que possamos voltar em breve e fazermos muito mais pela comunidade. Finaliza agradecendo a todos os parceiros e voluntários, e que esse projeto só acontece porque tem pessoas com coração disposto a ajudar nessa causa social”.

Fonte: Amazonia Press

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.