Últimas

Em Carauari, Idam realiza diagnóstico das cadeias da borracha e de óleos essenciais no Médio Juruá

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Amazonas (Idam) realizou, entre os dias 6 a 12 de abril, uma viagem para realizar o cadastramento de beneficiários de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) e diagnóstico das cadeias de óleos essenciais e de borracha em Carauari (a 788 quilômetros de Manaus).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Durante o período de viagem, foram atendidas cerca de 300 pessoas de 42 comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Uacari e Reserva Extrativista do Médio Juruá. Entre elas estão coletores de andiroba, muru-muru e seringueiros.

A viagem foi uma parceria entre o Idam, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) para atualização e cadastramento de extrativistas das unidades de conservação do município de Carauari.

De acordo com o gerente da unidade local, Átrio Souza, essa coleta de informações é imprescindível para o fortalecimento dessas cadeias produtivas e possibilidade de novos projetos. “O Idam em Carauari vem atuando fortemente no fortalecimento do setor primário no município e atuando para que a assistência técnica e extensão rural cheguem até as comunidades ribeirinhas mais isoladas da região”, disse o gerente.

Na ocasião também foram entregues kits da agricultura familiar para o público assistido pelo Idam, realizado diagnóstico da perda de produção provocada pela inundação do rio Juruá e repassadas informações importantes às comunidades pelos parceiros presentes. Todos os integrantes da viagem testaram negativo para Covid-19 um dia antes do início da viagem e seguiram todos os protocolos de segurança.

Para as organizações envolvidas, essa atividade de campo estabelece um enorme banco de dados sobre o extrativismo na região, gerando um importante diagnóstico para o fortalecimento de cadeias produtivas da biodiversidade em Carauari.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.