Últimas

Empresário indiciado por mais de 10 abusos sexuais diz ser inocente

Indiciado por abusos contra mais de dez mulheres em Belo Horizonte, o empresário Cleidison dos Santos, que é considerado foragido pela Polícia Civil, divulgou em suas redes sociais um vídeo em que se diz inocente das acusações. O empresário é dono da Ana Modas, localizada em um shopping popular no Centro da capital.


Segundo o G1 Minas Gerais, Cleidson foi indiciado no mês passado por estupro, estupro de vulnerável e importunação sexual. Ele também teve a prisão decretada pela Justiça.

No vídeo postado na internet neste fim de semana, o empresário diz que sexualmente nunca passou do ponto e que nunca abusou de ninguém. "Todas as relações que eu tive na minha vida foram de forma consensual”, afirma no vídeo.

Cleidison diz que teve uma vida de dificuldades financeiras e que, quando melhorou de condição, deixou que o dinheiro subisse à cabeça.

“Digo isso em relação a me achar o cara, que toda mulher queria se relacionar comigo. Eu acabava mentindo para essas pessoas, em mostrar muito mais do que eu era. Ludibriava, prometia o que eu não podia dar. Falava com essas pessoas que eram únicas na minha vida. Falava isso para conseguir o que eu queria, quando eu conseguia, eu saía fora, descartava, tratava como se fosse mais uma. Esse foi meu erro, de não respeitar como pessoa”, fala.

Cleidison finaliza o vídeo dizendo que a família vem sofrendo diversas ameaças e que parentes precisaram mudar de estado. “Eu sou um cara inocente e não posso perder a minha liberdade”, disse.

Entretanto, não é isso que mostram as provas e depoimentos colhidos pela polícia. As investigações apontam que os abusos teriam sido cometidos contra clientes, funcionárias e mulheres que ele buscava para fazer parcerias profissionais.

Por meio de nota divulgada nesta segunda-feira (5), a Polícia Civil apenas informou que o suspeito segue foragido e que o processo está em andamento no Poder Judiciário.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.