Últimas

FVS-AM encabeça projeto pioneiro para fortalecimento da farmacovigilância e tratamento de malária nas Américas

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) encabeça o projeto-piloto para fortalecimento da farmacovigilância e adesão ao tratamento de malária nas Américas proposto pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas. O balanço das atividades desenvolvidas no projeto foi apresentado em sessão virtual, na manhã desta quarta-feira (14/04).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As ações foram desenvolvidas em Manaus, no período de 4 de novembro de 2019 a 4 de dezembro de 2020. O projeto-piloto foi proposto pela Opas e implementado de forma pioneira no Brasil, por meio da FVS-AM que contou com a parceria do Programa de Malária do Ministério da Saúde (MS), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa/Manaus) e da Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD).

A diretora técnica da FVS-AM, Tatyana Amorim, aponta que a FVS-AM protagoniza espaço de destaque no desenvolvimento de ações de enfrentamento à malária. “A proposta da Opas foi apresentada a vários países e o Amazonas foi o primeiro a fazer parte deste projeto piloto. Esperamos que esse estudo tenha adesão em outros países como forma de fortalecer a farmacovigilância”, destacou.

Na sessão virtual, o Departamento de Vigilância Ambiental (DVA), por meio da Gerência de Doenças de Transmissão Vetorial em Malária (GDVT-Malária), apresentou as perspectivas obtidas com o desenvolvimento do projeto-piloto e compartilhou as experiências obtidas durante o processo de implementação da iniciativa.

A coordenadora do Programa Estadual de Malária da FVS-AM, Myrna Barata Machado, destacou a importância de se ter definidos os protocolos da farmacovigilância. “Tecnologias simples fazem a diferença no atendimento de saúde, como o envio de mensagens SMS para os pacientes que estão em tratamento de malária para que possam lembrar de continuar o tratamento e garantir a cura da doença”, afirmou.

Reforço – O Governo do Amazonas entregou, no último dia 06 de abril, 25 motocicletas e 20 embarcações, do tipo bote, para 36 municípios prioritários no controle da malária no Amazonas. A entrega fez parte das ações da FVS-AM de combate à doença e da programação alusiva ao Dia Mundial de Combate à Malária, em 25 de abril. Os equipamentos foram repassados diretamente aos prefeitos e secretários municipais de saúde.

Malária – O Dia Mundial da Luta contra a Malária é comemorado em 25 de abril. No próximo dia 23 de abril, das 8h30 ao meio-dia e das 13h30 às 16h30, a FVS-AM realiza a quinta edição do seminário virtual alusivo à data, com o tema “A malária no contexto da pandemia de Covid-19”. A webconferência será transmitida pelo canal de vídeos da FVS-AM, disponível em https://bit.ly/3thyvEI.

Números – O Amazonas apresenta redução de 23,82% no número de casos de malária, na comparação entre o primeiro trimestre de 2021 e o de 2020. Dados gerenciados pela FVS-AM apontam para registro de 10.014 casos, de janeiro a março de 2021, e 13.145 no mesmo período do ano passado.

Referência – A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas, incluindo o monitoramento de indicadores de doenças, como a malária, por meio do Departamento de Vigilância Ambiental e Controle de Doenças (DVA/FVS-AM) via Gerência de Doenças de Transmissão Vetorial – Malária (GDTV/DVA/FVS-AM).

A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os números para contato são (92) 3182-8550 e 3182-8551. Os contatos específicos do DVA/FVS-AM e GDTV/DVA/FVS-AM são, respectivamente, 3182-8547 e 3182-8542.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.