Últimas

Governo e Prefeitura iniciam testes na Estação de Tratamento de Esgoto do Prosamim

O Governo do Estado, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), iniciou, nesta terça-feira (27/04), os últimos testes da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), localizada no bairro Educandos, zona sul de Manaus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Os testes foram acompanhados por uma comissão mista, composta de técnicos da concessionária Águas de Manaus, técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), agentes da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Agemam) e de engenheiros da UGPE.

De acordo com a engenheira civil e fiscal da UGPE, Tatiana Lachi, com a finalização de toda parte mecânica da obra, foi dado início ao comissionamento de todos os equipamentos que são mecanizados, iniciando pelos testes do gradeamento mecânico, da rosca e do funcionamento das comportas da ETE.

O cronograma de testes, iniciados hoje, seguem até o dia 15 de maio se tudo ocorrer dentro da normalidade esperada, “caso tenha que ser feito algum reparo ou substituição de peça o cronograma de testes terá que ser revisto”, explica a engenheira.

Os testes são fundamentais para que se verifique que todos os equipamentos da estação de tratamento estão funcionando corretamente, além disso, Lachi pontua que “é importante que todas as partes que vão operar o sistema de esgotamento sanitário do Prosamim III, verifiquem que está tudo funcionando de acordo com o projeto executado”.

A primeira ETE construída pelo Prosamim será a maior do Norte do país, com capacidade para tratar até 300 litros por segundo (l/s) de esgoto, e realizando o tratamento dos efluentes de mais de 190 mil pessoas

O Sistema de Esgotamento Sanitário construído na bacia do São Raimundo, além da maior ETE do norte do País, construiu 31 quilômetros de redes de coleta de esgoto e seis estações elevatórias, distribuídas nos bairros Centro, Presidente Vargas, Glória, São Raimundo, Santo Antônio e Aparecida.

“A conclusão da ETE e o início da operação do sistema de esgotamento sanitário do Prosamim III, representará a maior contribuição do Governo do Estado no saneamento básico na capital nos últimos anos, as redes construídas em quase 15 anos do programa serão tratadas pela ETE”, afirmou o coordenador executivo da UGPE, o engenheiro civil, Marcellus Campêlo.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.